1
MARVEL’S JESSICA JONES
2
Ideias de hortas orgânicas caseiras.
3
Como eu era antes de você
4
Estrelas Perdidas – Claudia Gray (Seguinte)
5
Música Chiclete – Como lidar? Ou não lidar? rs
6
Surpreendente! – Maurício Gomyde
7
5 Nerds Que Nós Amamos
8
Flores e Amores
9
5 músicas para te ajudar superar o ex sem dar uma de Taylor Swift
10
Joyland

MARVEL’S JESSICA JONES

Marvel’s Jessica Jones em sua primeira cena faz referência ao HQ Alias, dando assim, início a constituição da história da heroína em presente e passado, demostrando o quanto o mesmo lhe influência e causa-lhe medo. Jessica anteriormente participava da equipe de heróis mais poderosos do mundo, mas tudo acabou se dissolvendo quando Killgrave lhe aprisiona em um relacionamento abusivo, utilizando do poder do seu poder para atingir seus objetivos.

Leia mais

Ideias de hortas orgânicas caseiras.

Formada em um ramo que trabalha com a agricultura orgânica, a Agroecologia, resolvi montar uma horta orgânica em casa. Tenho bastante espaço no quintal, mas Carol eu não tenho. Calma, não tem problema, sabia que dá para montar em seu apartamento, na área de serviço, em vasos diversos temperos, verdurinhas e até pimentinhas. Para isso selecionei algumas ideias que vejo pelo pinterest. Se você tem um quintal, mesmo que pequeno você pode plantar cebolinha, salsa, alface, orégano em caixotes. Esses de supermercados que irão para o lixo depois de transportar verduras, legumes. Você pode plantar também em litros de refrigerantes que iriam para o lixo. Use sua imaginação, você pode usar  pela metade ou deitado. Lembre-se de fazer furos no litro, usando prego quente (só adultos poderão executar essa atividade) para ajudar na drenagem.   Ou poderá utilizar os vasos que se compra em lojas. Se tiver espaço pode ficar no chão ou suspenso. Use sua imaginação! Sabe esses vidros de massa de tomate dá para plantar salsinha, alho, cebolinha. Latas de farinha láctea, essas de mingau. São inúmeras ideias basta colocar em prática. Irei montar a minha, ela será no chão mesmo. Tentarei fotografar o processo para vocês.

Leia mais

Como eu era antes de você

Como eu era antes de você ganha voz inicialmente por Louisa Clark, uma jovem que por anos trabalhou em uma lanchonete. Acostumada com os clientes, o lugar e a incrível rotina que o ambiente acabou se desenvolvendo, Louisa decidiu não se especializar em nenhuma área do conhecimento o que acabou criando um grande desentendimento em casa ao ser despedida por causa do fechamento do local. Sem nada para oferecer no mercado de trabalho, Louisa aceita ser cuidadora do tetraplégico Will Traynor.

Leia mais

Estrelas Perdidas – Claudia Gray (Seguinte)

Você leu algo do universo expandido de Star War? Se você, assim como eu, gosta dessa saga atemporal, não pode deixar de ler Estrelas Perdidas.

Leia mais

Música Chiclete – Como lidar? Ou não lidar? rs

Acredito que todo mundo que gosta de música passa por fases, por mudanças nos gostos musicais e tal. Eu sempre fui uma pessoa muito eclética… acho que tirando um estilo musical ou outro, eu consigo ouvir quase de tudo. Quase! hehe

Leia mais

Surpreendente! – Maurício Gomyde

É uma leitura gostosa, traz grandes e pequenas reflexões e te faz questionar o que você faria se estivesse na pele de determinado personagem.

Leia mais

5 Nerds Que Nós Amamos

Não sou uma pessoa que gosta muito do estereótipo de nerd, pois nunca sei quando o mesmo deve ser empregado. Como assim? Uma pessoa pode ser nerd porque sabe assuntos de uma disciplina ou de uma área acadêmica. Pode ser nerd por saber detalhes dos inúmeros universos de HQs e Mangás ou ser nerd porque fica isolada. Geralmente ser nerd significa ter conhecimento e se tornar isolado, como se isto dificultasse a convivência. Pensando nos meus seriados e nos personagens que admiro, percebi que tenho um campo de personagens secundários que se encaixam na ideia de nerd e rompe completamente com o isolamento, demostrando que o mundo pode ser divertido preenchido de referências. Então vamos a lista? 5º Mozzie – White Collor (2009-2014) Mozzie é um anti-herói – acredito que podemos chamá-lo desta forma – da série White Collor e faz parceria com o criminoso Neal Caffrey que após algumas situações se tornou consultor pessoal do FBI. Mozzie chama atenção no primeiro instante por ser um personagem de estilo intrigante. Suas vestimentas, modo de falar e comportamento pessoal faz o cômico e o elegante caminharem lado a lado. O seu modo de vestir lembra o protagonista do filme Meu Malvado Favorito – o que é uma ótima ligação. A minha admiração pelo personagem por sempre ter uma carta na manga, consegue desempenhar inúmeros papéis “Eu sou advogado pode conferir o meu diploma online 1×8”, mas o que me chama atenção no personagem são os seus filmes e jogos inusitados. Mozzie nutre uma paixão por filmes[…]

Leia mais

Flores e Amores

Escrever Poesias é sempre um desafio, embora não seja complicado, não é algo fácil.

Leia mais

5 músicas para te ajudar superar o ex sem dar uma de Taylor Swift

Porque nem toda história precisa de vilões. :)

Leia mais

Joyland

Stephen King traz em Joyland todo o universo de parque temático que tanto adoramos. O livro se passa nos anos 70 e é narrado em primeira pessoa no ano de 2012. Esse tipo dinâmico de narrativa e o estilo jovial do narrador (apesar de já ser idoso) faz com que o ritmo não desanime durante a leitura.

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.