Arquivo -março 2013

1
Este lado do paraíso
2
Hello – por Daiane Jardim
3
Unboxing #1 – Especial Sarah Dessen
4
Sangue Quente
5
Literatura ao nosso alcance
6
Londres
7
Nada é para sempre
8
Dia Internacional da Mulher
9
O Pequeno Príncipe
10
No Limiar do Desejo

Este lado do paraíso

Experiência é o nome que muita gente dá aos seus erros. – Oscar Wilde Não gostaria de falar de mim, pois admito que já o fiz bastante neste livro. Na verdade, escrevê-lo custou-me três meses; concebê-lo, três minutos; reunir os dados nele utilizados, toda a minha vida. A ideia de colocá-lo no papel chegou-me no dia primeiro do último mês de julho; foi modalidade alternativa de dissipação. Posso resumir toda a minha teoria quanto à escrita numa frase: um autor deveria escrever para a juventude de sua geração, para os críticos da próxima e para os professores de todo o sempre. – Francis Scott Fitzgerald. Maio de 1920 Bom, leitura de clássicos realmente não é meu forte, e o desafio de ler esse livro foi muito bom. Mesmo com vontade de largá-lo às vezes, não por ser ruim, mas pela difícil escrita e por não ser fácil assimilar o período ao qual ele se passa e entender sua essência. Porém, eu não deixei e com muita alegria cheguei ao final, mesmo – a princípio – o final não tendo me agradado muito. Nesse livro, acompanhamos a trajetória de vida do personagem Amory, ora triste ora feliz. O livro é recheado de citações poéticas e autores do período (o que me fez viajar bastante risos). O que mais gostei no livro foram as diversas paixões de Amory, que na busca pelo amor perfeito, cegava-se com facilidade sem perceber o óbvio, fazendo-o seguir por caminhos não planejados. Não espere um romance de amor e fantasia e sim de muita realidade e pedras. O que é um choque inicialmente. Com[…]

Leia mais

Hello – por Daiane Jardim

*Ouça a música que inspirou esse conto: Hello – Albúm Fallen – Evanescence Havia flores no chão, e a frente o céu mais lindo que já em toda minha vida, um azul profundo. Abro meus braços e corro, meus pés descalços tocam a grama morna aquecida pelo sol. Dentro de mim só havia paz. Gargalhadas são ecoadas atrás de mim, e rio também, correndo, correndo… até que ele me alcança e toca em meu braço. Paro tomando fôlego e rio junto com Breno, nossas risadas infantis se misturam e algumas mechas do meu cabelo permanecem frente ao meu rosto. Ele delicadamente as tira, colocando para trás de meus ombros. Não tínhamos medo, não conhecíamos o futuro, éramos ligados desde que nos conhecíamos por gente. Ele coloca as mãos acima dos olhos tentando protege-los da luz direta do sol, seus cabelos loiros brilhavam, os lábios vermelho vívidos, e os olhos, os mais lindos que já vi. Ele se sentou na grama, me abaixei também ao seu lado, cuidando para meu vestidinho florido que vovó havia me dado ficasse no lugar, mas estava com um short por baixo, então pude ficar mais a vontade. – Do que vamos brincar agora? – perguntou Breno, enquanto tirava duas balas do bolso da calça. Ele sempre trazia doces consigo, e sempre guardava um para mim. – Tô cansada Breno, vamos brincar de algo fácil. Ele se deitou na grama e eu me deitei também, estávamos próximo a uma árvore, e olhávamos para algumas nuvens no céu. – Vamos contar histórias?[…]

Leia mais

Unboxing #1 – Especial Sarah Dessen

Olá Galerinha! Hoje trago um vídeo diferente do que venho fazendo! Já havia visto em vários blogs/vlogs e me interessei… Mas não vou fazer com todos os livros que chegarem, senão as Caixinhas vão morrer né?! rsrs Então, o que é o unboxing afinal?! Nada mais é do que retirar o livro ou livros da embalagem na frente das câmeras! hehehe Nesse primeiro eu me enrolei… acabei retirando do envelope antes. Mas acho que vocês não vão ficar tão chateados comigo, né?! *cara de anjinho* Preparados? Espero que curtam!

Leia mais

Sangue Quente

Imaginem um cenário caótico, um mundo destruído, quase sem vida. Agora somem a isso zumbis famintos e humanos se concentrando em um estádio para sobreviver. Esse é o plot de Sangue Quente, o livro maravilhoso de Isaac Marion, que vai muito além desse novo mundo apocalíptico. E é em meio a esse ambiente nada agradável, diga-se de passagem, que conheceremos um jovem zumbi ao revés. Sim, R é diferente dos outros de sua “espécie”. Ainda que não se lembre muito de sua vida como humano e nem de seu nome verdadeiro; ele tem algo de diferente, algo de singular, que o faz sensível mesmo quando está dilacerando as partes de uma pessoa ou comendo (eca!) seu cérebro. Um morto-vivo com sentimentos, eu diria. “Dou de ombros, pensando que apesar de ser um gesto banalizado ao extremo, funciona em alguns momentos. Talvez seja uma linguagem necessária em um mundo sem palavras como o nosso.” – R – Como os demais zumbis, R não consegue se comunicar muito bem, sua eloquência é bastante prejudicada, principalmente no começo do livro, fazendo-o parecer um bebê que está aprendendo a falar. Se falta articulação na hora de falar, o mesmo não acontece em sua mente. Ele lamenta profundamente toda vez que necessita consumir uma vida humana para sanar sua fome. No entanto, ao mesmo tempo que isso o causa repulsa, é a única maneira que R tem de sentir emoções, reviver sentimentos, momentos de cor e vida. “Ela fica me encarando. Seus lábios estão comprimidos e pálidos. Aponto para ela, para minha boca[…]

Leia mais

Literatura ao nosso alcance

Olá galerinha!!! Trago para vocês mais uma postagem coletiva do Projeto que venho participando com outros blogs! O tema de hoje é bem interessante e polêmico. Os preços dos livros são fonte constante de reclamações. Vale a pena pagar até sessenta reais (ex.: Rocco) em livros de ficção? O e-book pode ser valorizado devido aos preços mais acessíveis? Atualmente, com as inúmeras ferramentas disponíveis, tais como livros, e-readers, tablets, smartphones e afins, acredito que o acesso à Literatura está cada vez mais fácil. No entanto, todos esses meios de leitura tem seus prós e contras. E é justamente sobre estes que falarei nesse post, sem deixar de responder as perguntas principais do Projeto. Comecemos falando sobre os livros… Hoje temos várias livrarias espalhadas pelo país, salvo alguns lugares que, infelizmente, ainda não têm. Fato esse que se deve ao número insuficiente de habitantes – na concepção de um investidor/empresário, ou pela falta de condições minimamente decentes para se viver – basta pensarmos nos sertões e interiores que ainda sofrem com a falta de saneamento e investimento por parte dos governantes. Mas, se pararmos para analisar e comparar com os anos 90 que seja, a grande maioria dos estados já conta com pelo menos uma livraria e um sebo (onde encontramos livros mais antigos e/ou usados – argh, odeio esse termo!). Okay, acesso físico nós temos. Então, qual é o problema? O preço que se paga. Não que eu não ache que vale a pena pagar o justo por um livro. Jamais. A grande questão são os valores que as[…]

Leia mais

Londres

Em um cenário pra lá de romântico e encantador, Érica Lopes nos escreve uma história de amor um tanto quanto diferente e inusitada. Recebi o livro através do Book Tour realizado no site da autora e, apesar de alguns probleminhas na revisão, consegui ler  o mesmo super rapidinho. Aliás, esperava encontrar um conto de fadas e me surpreendi ao deparar com uma história bem mais intensa, com personagens mais complexas e reais do que fofinhas e melosas. Ao longo da narrativa, que flui bem tranquilamente, a autora insere partes de poemas, rascunhos de letras musicais, que remetem aos sentimentos das personagens ao longo da ação. Narrado em primeira pessoa pela própria Clara, uma jovem psicóloga de 23 anos, que recebe uma bolsa para cursar Pós-Graduação, juntamente com sua melhor amiga Sofia, vamos descobrindo com ela que um sonho pode se tornar realidade – de uma vida estável e um amor verdadeiro -, mas que também pode ser um divisor de águas na vida das pessoas que experimentam morar em outro país, longe da família, abertas a um mundo totalmente novo e que sabe muito bem como e quando cobrar seu preço. Adam e Clara se conhecem de uma maneira engraçada, na entrada do prédio em que ambos moravam, quando nossa protagonista corria desesperada – e desengonçada – para a faculdade. Eles se esbarram e o projeto de Clara acaba se espalhando pelo chão. Rola A troca de olhares, o coração começa a bater acelerado e pronto, o bichinho do amor mordeu os dois. Adam não consegue esquecê-la[…]

Leia mais

Nada é para sempre

Olá galera, sentiram saudades? Espero que sim \o/ Desculpe a ausência e a demora, mas foi por uma boa causa (espero hehe). Hoje na coluna, resolvi falar sobre o livro “Nada é para sempre“. A história é sobre Sarah, uma menina pacata, estudiosa, nunca fez nada de muito grave e vive a margem das amigas quando o assunto é sexo. Até que, durante as férias, algo de inusitado aconteceu. Donna girou aos meus pés e olhou para mim com seus olhos escuros e enormes. “Meu Deus, você fez?” Soltei uma risadinha. Eu sei: trágico. Eu classificaria “Nada é para sempre” como uma leitura leve. Os elementos contidos no livro são bacanas, porém desenvolvidos muito rapidamente, fato que deixou o fluxo um pouco superficial, em minha opinião. O que gostei muito foi a diagramação que estava muito boa e a capa muito bonita, apesar de simples. Tudo se passa em torno do fato da Sarah finalmente ter conhecido um rapaz e ter tido sua primeira relação sexual e o que isso implicou em vida. A princípio, Sarah parece uma menina muito cabeça, só que no decorrer do livro vemos uma menina muito inocente e frágil, o que por um lado é bom, porque hoje o que tem de garotas de 13, 14 anos nada inocentes… E o livro levanta alguns dilemas interessantes, como por exemplo: Afinal, amor e sexo são a mesma coisa? Com certeza não, mas em pleno pico das atividades hormonais, confundir as coisas é perfeitamente natural; por isso, acredito ser fundamental se policiar para[…]

Leia mais

Dia Internacional da Mulher

Olá Galerinha!!!! Hoje é um dia muito especial para todas as mulheres do mundo! Você já deu aquele super abraço na sua mulher, avó, mãe, irmã, tia, prima, amiga? Não? Tá esperando o que???? Anda! Vai logo! Dá aquele abraço apertado e gostoso nessa Mulher, que você ama e que tem todo um significado especial pra você! Não perca tempo! Dê valor à Mulher que está ao seu lado! Sejamos honestos… sem elas, não existiriam os homens também. Sem elas, o mundo seria menos doce e amoroso. Mulheres são guerreiras, são meigas, são irritantes quando estão naqueles dias, são amigas, conselheiras… E, para homenagear essas lindas mulheres, determinadas e cheias de personalidade dos dias de hoje, nada melhor do que fazer uma promoção com uma mulher fictícia de fibra, daquelas que sabe o que quer, que não abaixa a cabeça, mas que deseja ser feliz e encontrar o amor… Gostaria de agradecer a autora Camila Dornas por ceder o exemplar para essa maravilhosa promoção… Espero que vocês gostem e participem bastante! Eu super indico o livro para nós, mulheres guerreiras, mulheres estrelas! *-* Boa sorte!!! Ps.: Homens podem participar também… Vocês devem cada vez mais se encantar com a beleza feminina! risos  

Leia mais

O Pequeno Príncipe

É incrível como algo escrito lá nos anos 40 é tão atual e emocionante até hoje. Acho que a primeira vez que ouvi falar no Pequeno Príncipe foi em um desenho e até recentemente não tinha me preocupado em ler o livro. O pessoal resolveu fazer um amigo X de livros e eu coloquei ele na minha lista de livros desejados e foi justamente o que ganhei – e que queria muito ganhar. O que posso dizer do livro é que deveria ser obrigatório para todo mundo ter e ler, e tenho certeza que mais cedo ou mais tarde muitos irão fazer isso. É a típica história de criança que serve para todas as idades. Na verdade, é uma história feita para a criança que habita em nós. A leitura é muito rápida e profunda, não só pelas frases de impacto, mas sim por todo o simbolismo existente no livro, que me fez pensar no quanto o amor é inquietante, no quanto a amizade realmente é importante e mesmo se você tiver no deserto poderá encontrar um amigo. Livro de criança? Com certeza. Livro de adulto? Também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi. Como explicar a adoção deste livro por povos tão variados, em tantos países de todos os continentes? Como explicar que ele seja lido sempre por tantos milhões e milhões de pessoas? Como explicar a atualidade desde livro traduzido em oitenta línguas diferentes? Como compreender que uma história aparentemente tão ingênua seja comovente para tantas pessoas? O pequeno príncipe devolve a cada[…]

Leia mais

No Limiar do Desejo

No Limiar do Desejo é o segundo livro da Trilogia Erótica escrita por Eve Berlin e publicado pelo Selo Quinta Essência, da Editora LeYa. O primeiro volume, Luxúria, já foi resenhado aqui no blog. Será que Eve conseguiu manter o mesmo padrão de sensualidade e romance? Ou será que ela perdeu a mão? Em No Limiar do Desejo, conheceremos a intensa e libertadora relação entre Kara Crawford e Dante de Matteo. Para quem não lembra, Dante é o amigo gato do outro gato dominador, Alec. Eles se conheceram no clube Pleasure Dome e se tornaram grandes amigos. No entanto, Alec se viu apaixonado por Dylan, uma escritora de livros eróticos que nunca tinha se deixado domar, nunca tinha experimentado ser submissa, até conhecê-lo… Aliás, foi muito legal poder rever essas personagens (Alec e Dylan) nesse segundo volume. Mas não vou falar mais nada ou vou estragar toda a surpresa por trás de Luxúria, que eu super recomendo. Voltando ao No Limiar, teremos agora Dante, um advogado bem sucedido e sedutor; e Kara, uma jovem independente, também advogada, mas que desejava mesmo, no fundo de seu coração, poder viver de sua arte. Kara e Dante foram colegas de classe na adolescência, porém nunca pensaram que as fantasias que ambos nutriam, as mais sombrias por vezes, poderiam se realizar e ser tão compatíveis umas com as outras. Em um reencontro inesperado, eles deixam o desejo falar mais alto e acabam descobrindo coisas um do outro muita mais profundas e intensas. Contudo, depois de uma noite de grande prazer e altas realizações sexuais, Dante e Kara se descobrem colegas[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.