Arquivo -18/03/2013

1
Nada é para sempre

Nada é para sempre

Olá galera, sentiram saudades? Espero que sim \o/ Desculpe a ausência e a demora, mas foi por uma boa causa (espero hehe). Hoje na coluna, resolvi falar sobre o livro “Nada é para sempre“. A história é sobre Sarah, uma menina pacata, estudiosa, nunca fez nada de muito grave e vive a margem das amigas quando o assunto é sexo. Até que, durante as férias, algo de inusitado aconteceu. Donna girou aos meus pés e olhou para mim com seus olhos escuros e enormes. “Meu Deus, você fez?” Soltei uma risadinha. Eu sei: trágico. Eu classificaria “Nada é para sempre” como uma leitura leve. Os elementos contidos no livro são bacanas, porém desenvolvidos muito rapidamente, fato que deixou o fluxo um pouco superficial, em minha opinião. O que gostei muito foi a diagramação que estava muito boa e a capa muito bonita, apesar de simples. Tudo se passa em torno do fato da Sarah finalmente ter conhecido um rapaz e ter tido sua primeira relação sexual e o que isso implicou em vida. A princípio, Sarah parece uma menina muito cabeça, só que no decorrer do livro vemos uma menina muito inocente e frágil, o que por um lado é bom, porque hoje o que tem de garotas de 13, 14 anos nada inocentes… E o livro levanta alguns dilemas interessantes, como por exemplo: Afinal, amor e sexo são a mesma coisa? Com certeza não, mas em pleno pico das atividades hormonais, confundir as coisas é perfeitamente natural; por isso, acredito ser fundamental se policiar para[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.