Arquivo -fevereiro 2014

1
Lost Boys: O Verdadeiro Amor Nunca Morre
2
Veneno
3
Todo romance combina com…
4
A Bruxa de Near
5
Top 5: Nacionais mais Desejados
6
Rosa Imortal
7
O Filho de Netuno
8
Como Eu Leio (How I Read)?
9
Menino de Ouro: Qual é o seu segredo?
10
O sonho do primeiro livro

Lost Boys: O Verdadeiro Amor Nunca Morre

Uma garota, um fantasma e um amor proibido. Três ingredientes que, combinados de maneira inteligente, tornam o romance interessante e fascinante. O Verdadeiro Amor Nunca Morre é o primeiro livro da trilogia Lost Boys, escrita pela autora Lilian Carmine e publicado pela Editora LeYaaqui no Brasil. O mais legal, após começar a leitura desse livro, foi descobrir que a autora é brasileira e se chama, na verdade, Bruna Brito. Ela resolveu adotar esse pseudônimo para se sentir mais confortável e confiante, sem que seus amigos ficassem sabendo e para que pudesse escrever livremente, sem cobranças. Joe Gray se mudou para uma cidade completamente nova, Esperanza, por conta do trabalho de sua mãe, que finalmente poderia respirar e dar uma vida melhor para sua filha. Um dia, ao ajudar uma senhora a levar flores para seu falecido marido no cemitério da cidade, Joey acaba se perdendo. Depois de muito andar, ela encontra um menino misterioso, sentado sozinho em um jazigo. Ela decide pedir ajuda, para tentar encontrar a saída, mas os dois acabam travando uma conversa pra lá de interessante, apesar de Joey achar ele um pouco estranho, desde suas falas e suas vestimentas, até seu comportamento afastado. Quem será esse menino? Por que toda vez que ela tenta encontrar com ele fora do cemitério, ele recua e se apavora? Por outro lado, Tristan, o misterioso menino, se assusta ao constatar que Joey conseguiu vê-lo. O que será que estava acontecendo? Como isso era possível? Ele não estava morto? Não era um fantasma vagando ali, no cemitério, preso entre os dois mundos? Como essa menina linda,[…]

Leia mais

Veneno

Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, escrita pela autora inglesa Sarah Pinborough e publicada aqui no Brasil pela Editora Gente. Se você é fã dos livros dos Irmãos Grimm ou da série Once Upon a Time, como eu, se prepare! A autora conseguiu criar uma história de um ponto de vista totalmente diferente, onde nem sempre os vilões são totalmente ruins e as mocinhas, puras e ingênuas. Em Veneno, Sarah nos contará a famosa história da Branca de Neve e os sete anões. Mas, esqueça tudo o que você conhece sobre essa menina de pele branca como a neve, sobre os sete anões fofinhos e sobre a Rainha Má. Sarah Pinborough cria um ambiente totalmente diferente do abordado pelos Irmãos Grimm e que inspirou os famosos clássicos da Disney. Com uma pegada mais sensual, aproveitando a onda de livros hots do momento, bem como desmistificando as imagens já maculadas dessas personagens, Veneno é um romance pra lá de irreverente, ousado e que vai conquistar o público adulto, tanto o feminino quanto o masculino. Contudo, não pensem que se trata de mais um romance erótico. Nada disso. Veneno tem sim sua medida de sensualidade, mas ganha muito mais por conta do humor negro, latente e emocionante. Não espere encontrar a velha premissa de o bem contra o mal. Sarah vai muito além, nos presenteando com uma trama muito mais palpável, ela mostra os humanos por trás dessas personagens, abordando temas como desejo, ciúme, inveja, manipulação, poder, depressão e solidão. Branca de Neve não é uma garotinha frágil, casta, ingênua e boa moça. Sarah a transforma em uma mulher moderna, independente,[…]

Leia mais

Todo romance combina com…

Olá Galerinha!!!!!!!!!!!! Esse fim de semana eu estava mega romântica! Só conseguia ouvir canções fofas, que me lembraram tanto momentos importantes da minha vida com meu amor <3, como momentos pra lá de inesquecíveis em alguns romances que já li… Pensando nisso, resolvi fazer uma playlist baseada nisso, nessas músicas de melodia doce e que podem envolver tanto os casais da ficção quanto os casais da vida real! Portanto, hoje teremos um Top 5 com essas músicas que combinam com um bom e emocionante romance… Eu sou mega fã de todos os cantores, bandas e canções… Se você não conhece algum deles, acredito que vá se apaixonar, assim como eu! =) 1- Gravity – Sara Bareilles “Algo sempre me traz de volta para você / Nunca demora muito /  Não importa o que eu diga ou faça / Eu ainda sentirei você aqui…” Essa música já apareceu em uma outra playlist e, volta e meia, embala as minhas leituras! Eu conheci essa música com The Vampire Diaries e, desde então, não consegui me desapegar! rsrs Sem contar que a Sara é diva! Não tem uma música dela que eu desgoste! Recomendo ainda Brave, Breathe Again e Love Song! 2- Give Me Love – Ed Sheeran “Dê-me amor como nunca antes / Porque, ultimamente, eu tenho desejado mais /  E faz algum tempo, mas eu ainda sinto o mesmo / Talvez eu devesse deixar você ir” Essa é outra que também já apareceu aqui no blog… Eu simplesmente AMO as letras do Ed Sheeran! Não entendo como o Brasil ainda não descobriu esse cantor e esse compositor maravilhoso! São sempre belas poesias embaladas por melodias[…]

Leia mais

A Bruxa de Near

Todo mundo sabe que eu adoro um sobrenatural. Todo mundo sabe que os Vampiros são os meus favoritos. Mas, o que nem todo mundo sabe, é que eu também sou LOUCA por Bruxas. Sou daquelas que assistiu Abracadabra milhões de vezes quando criança e que, até hoje, se diverte com aquelas bruxinhas horrorosas interpretadas pela diva Sarah Jessica Parker, a talentosa Bette Midler e a engraçada Kathy Najimy. *Se você ainda não assistiu esse filme, está perdendo boas risadas! * Todavia, o mercado literário estava deixando a desejar desde Harry Potter. Sério, não consigo me lembrar de um livro internacional, de uma história baseada nessas “criaturas” mágicas, que tenha prendido tanto assim. Apesar que li um nacional maravilhoso ano passado, A Linhagem, da Camila Dornas, que deveria ser lido por todos os amantes do universo das Bruxas. Por isso, A Bruxa de Near foi uma grata e deliciosa surpresa. A autora, Victoria Schwab, conseguiu criar uma trama interessante e intrigante, uma fábula atemporal e pulsante. Além de ter como plot a lenda da Bruxa de Near, Victoria nos entrega uma história com suspense, aventura e muita ação. Daquelas de nos deixar sem fôlego. Aflitos com o que vai acontecer a seguir. Em A Bruxa de Near, primeiro livro da série, conheceremos Lexi Harris, filha mais velha da viúva do Rastreador do páramo. Lexi mora com sua mãe e a irmã mais nova, Wren, nos limites da cidade. É através dela que ficaremos a par da lenda que envolve a tal Bruxa e que deixa os habitantes de Near apavorados, com medo de que ela possa retornar, a qualquer momento.[…]

Leia mais

Top 5: Nacionais mais Desejados

Oi, gente! Esse mês a coluna vai ser bem simples. Resolvi fazer um Top 5 dos livros nacionais que mais quero (ler e ter na estante). É claro que minha lista vive mudando, mas… Por hoje, está assim: 5. Outono de Sonhos – Adriana Brazil Outono de Sonhos é o primeiro volume da Série Foi Assim que te Amei. Nesse romance Helen é uma jovem cheia de sonhos e objetivos a conquistar, filha única de uma família estruturada e feliz. No início da trama ela se vê envolta à expectativa do primeiro dia de aula na faculdade de Letras da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. O talento para escrever rende a Helen o convite para dar continuidade a um projeto parado na faculdade, terminar um conto de amor entre um príncipe e uma plebeia, iniciado pelo escritor e estudante de teatro, Andrew Gamberini, que sofreu um acidente há um ano e abandonou a faculdade. Conforme entra em contato com a trama, Helen descobre-se apaixonada pelo seu autor e viverá intensamente um romance pelas quatro estações do ano. Outono dos Sonhos é uma obra apaixonante, levando o leitor a mergulhar em uma surpreendente e emocionante história de amor. A Adriana Brazil irá lançar o terceiro livro da série “Foi Assim que Te Amei” e eu ainda nem li o primeiro! Lembro-me de quando li a resenha da Nica (aqui). Eu quis (e ainda quero) tanto o livro, mas ainda não deve ser a hora de ler já que nunca dá certo comprar. rs 4.[…]

Leia mais

Rosa Imortal

Quando a Anna, do blog Pausa Para Um Café, me convidou para participar da Semana Rosa Imortal, não pensei duas vezes, logo aceitei – ainda mais porque vocês todos sabem como eu sou mega fã dos vampiros, esses seres sobrenaturais fascinantes! Porém, todo romance sobre vampiros e seres sobrenaturais, me deixa com um pezinho atrás. Sabe como é… são muitos os que já foram escritos por aí… uns realmente bons; outros, nem tanto… Rosa Imortal – Um Novo Florescer conseguiu me surpreender e cativar, tanto que li o mesmo de uma vez só. As quase 300 páginas passaram como água. Tâni Falabello nos presenteia com uma trama envolvente, cheia de suspense, muita ação, reviravoltas, conspirações e traições inesperadas. Há tempos não lia algo nesse gênero gótico, estilo Draculade Bram Stoker. Ou seja, se você também é fã da literatura gótica, sobrenatural, pautada nas relações entre vampiros e humanos, com uma boa dose de mistério, esse é o livro para você. *E Tâni ainda cita Jack, o estripador, e Peter Pan!!* Confesso que fiquei mesmo com um pé atrás, com medo que fosse só mais um livro sobre vampiros, sem nada a acrescentar. Contudo, Rosa Imortal chama a atenção por seu cenário, a Londres dos anos 60, bem como por suas personagens magistralmente desenvolvidas e trabalhadas. Aliás, eu ADORO quando os romances se passam em Londres ou Paris, principalmente em um outro século ou em anos mais distantes do nosso. <3 Tâni consegue nos apresentar um bom número delas, sem fazer com que se tornem enfadonhas ou de difícil memorização. Cada uma delas é única. Eileen me[…]

Leia mais

O Filho de Netuno

Depois de todo o meu drama falando que só continuaria a ler a saga Os Heróis do Olimpo se Percy Jackson aparecesse, Tio Rick acabou cedendo aos meus caprichos (apenas nos meus sonhos não é verdade?), trazendo no segundo volume da aventura o meu cabeça de alga favorito como personagem principal, sim Percy Jackson retornou! Para quem leu O Herói Perdido deve se lembrar que no final do livro as personagens começaram a deduzir a localização de Percy “Se Jason veio do Acampamento Júpiter para o Acampamento Meio-Sangue, a mesma coisa deve ter ocorrido com Percy” e foi exatamente isto que aconteceu. Percy, assim como Jason, acaba perdendo a memória, porém, diferente do filho de Júpiter, o cabeça de alga acabou entrando em um sono profundo – colocado por Hera – e, após despertar, se encontra com a deusa loba, que o treina para que possa suportar os perigos no caminho do Acampamento Júpiter. Mas Percy não poderia imaginar que nessa caminhada precisaria carregar uma deusa idosa e, de quebra ,conhecer os dois romanos mais atrapalhados e azarados do lugar, Frank e Hazel  (acho que alguém andou lendo os livros do John Green hehehe). O Filho de Netuno é um livro que ocorre oito meses depois das aventuras de Jason, Leo e Piper, que conseguem retardar o despertar de Gaia. E, diferente do primeiro volume da série, este livro serve para nos apresentar detalhadamente o lado romano dos semideuses do Acampamento Júpiter. No início da minha leitura, eu me senti um pouco confusa. Eram tantos detalhes para captar em um único livro que chegou a[…]

Leia mais

Como Eu Leio (How I Read)?

Olá Galerinha!!!! Depois de dias tentando colocar esse vídeo no ar, finalmente consegui! Meu laptop já tá velhinho, tadinho… são quatro anos de uso constante e, uma hora, eu sabia que ele ia parar… Mas não precisava ser agora! hehe Enfim, depois de formatar, atualizar hardware e softwares, e uma boa dose de paciência, acho que ele aguenta por mais um tempinho! rs Então, vamos conferir a nova TAG “Como eu leio?”, indicada pela Anna, do blog Pausa Para Um Café?

Leia mais

Menino de Ouro: Qual é o seu segredo?

Sempre fico antenado nas novidades do mundo infanto-juvenil e, quando vi o post da Daiane sobre o livro, foi inevitável não ficar curioso e querer conferir sua proposta. Através de uma parceria com a Editora Globo, isso foi possível. Agradeço, novamente, à equipe mega atenciosa pela oportunidade. Toda fase da vida terá sua vantagem e desvantagem. Mas, quando estamos entre nossos dez e vinte anos, é uma fase bem sensível, em minha opinião, pois é quando temos que descobrir, aprender, assimilar e tentar achar um ponto de equilíbrio nessa selvageria toda. Há os dilemas normais da vida e os que nos são “apresentados” pela convivência em sociedade. E um deles é ser “diferente”. Com toda essa conversa sobre sexualidade e bullying, acaba sendo um tema em evidência essa questão de ser “diferente”. E, infelizmente, demoramos muito tempo para entender que ser diferente é algo bom. Esse entendimento demora para chegar porque o processo é longo e muitas vezes doloroso. Minha teoria é que há muita gente sem objetivo de vida. Quando se tem objetivo e opinião própria, você pode não concordar com tudo e/ou achar estranho, mas vai sempre respeitar e tratar bem a pessoa/situação. Todo mundo vai ter um problema, às vezes mais de um. Eu, por exemplo, sou bem acima do meu peso normal e isso sempre abriu brecha para piadas e zoações. Tirando a questão de saúde, qual o problema em ser gordo? O problema é bem simples: não é normal. A moda, a  televisão, os ônibus, os carros, as roupas, filmes e um[…]

Leia mais

O sonho do primeiro livro

Depois que publiquei o meu primeiro romance – Louca Por Você – percebi que são muitos aqueles que também sonham em ter um livro publicado. Então, acho legal usar esse primeiro convite da Nica para escrever aqui no blog, para falar um pouquinho sobre como comecei e espero que isso possa ajudar quem está começando a correr atrás desse sonho tão especial. Quando decidi escrever a minha primeira história, sabia que teria uma longa jornada pela frente. Não conhecia nada nem ninguém para me orientar. Não tinha contato em editoras, não conhecia escritores e não sabia o que teria que fazer depois que colocasse o último ponto final no meu livro. Mesmo assim, arregacei as mangas, sentei no computador e passei seis meses escrevendo o meu primeiro romance. Ah, que sensação gostosa! Era delicioso ver como os personagens conversavam comigo. Adorava mergulhar no mundo que estava criando. Isso é  essencial para quem quer ser escritor: o prazer. Depois de tudo pronto e revisado, é muito importante entregar para alguém fazer uma leitura crítica da sua obra. Pode ser um profissional ou alguns leitores críticos. Como não conhecia nada, escolhi a primeira opção e fiz um trabalho muito bacana com uma jornalista que me orientou em diversos capítulos. Todo esse processo levou mais um ano e, somente no final de 2010, enviei o meu livro para as editoras. Naquele momento também fiz tudo por conta própria. Pesquisei editoras que tinham o perfil do livro que tinha escrito e procurei nos sites como enviar o original. Recebi a primeira carta com[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.