Arquivo -junho 2015

1
Aconteceu em Veneza
2
Morando Sozinha
3
Ligeiramente Maliciosos
4
No Mundo da Luna
5
Ardente / Em chamas
6
O que chegou em Maio – 2015
7
Caixa de Pássaros
8
Reféns do Livro
9
Jane The Virgin
10
O Acre existe!

Aconteceu em Veneza

Aconteceu em Veneza relata a história de Evie que acaba de aceitar o pedido de noivado de Rob, porém nem tudo são flores. Após ser traída pelo grande amor de sua vida, Evie tenta o perdoar quando estão de férias em Barbados, mas a situação não anda fácil quando a mesma lembra sobre isso 11 vezes por semana e, para complicar ainda mais a situação, em plenas férias o mundo começa a cair! Amei ler “Aconteceu em Paris”. A maluquice de Evie em se tornar Guia de Turismo sem qualquer qualificação, na verdade, foi um grande detalhe que prendeu a minha atenção, pois no momento da leitura estava cursando Guia de Turismo. Quando soube da continuação não pensei duas vezes, fiquei ansiosa e não perdi a oportunidade de ler. Evie é uma personagem doce, determinada, esforçada e obcecada por compras. Consegue ser forte e ao mesmo tempo frágil diante de uma situação. Muitas vezes no momento da leitura deu vontade de entrar no livro e abraçá-la. O personagem que ganhou destaque para mim foi Rob. No primeiro livro gostei bastante, o seu jeito sedutor e apesar de ser controlador não enxergava isto como sendo o seu lado negativo, algo que em Aconteceu em Veneza acabou sendo mais evidenciado pela autora ao ponto do meu gostar muito se transformar em raiva. Diante de todo o drama protagonizado por Evie, Rob e sua relação tempestuosa, os personagens secundários desempenharam o papel em transformar o livro em algo engraçado. John, com o seu jeito sério, se manteve presente e[…]

Leia mais

Morando Sozinha

Nova coluna no canal onde vamos indicar livros, séries, filmes, moda, beleza e muito mais!!!! A dica de hoje é literária e não é… ao mesmo tempo! Conheçam um pouco o projeto Morando Sozinha, da Fran Guarnieri!  

Leia mais

Ligeiramente Maliciosos

Faz tanto tempo desde que li um romance e havia me esquecido da sensação que o mesmo nos proporciona, em especial quando o livro é escrito por Mary Balogh e narra a história dos irmãos Bedwyn e seus envolvimentos amorosos. Em Ligeiramente Casados, Mary nos apresentou ao responsável Aidan Bedwyn o segundo da linha de sucessão do ducado e Eve, uma jovem que sempre valoriza o mais fraco enxergando o seu verdadeiro valor e em Ligeiramente Maliciosos à autora nos apresenta ao lorde Rannulf Bedwyn, o terceiro da linha de sucessão e a quem muito me apeguei por apresentar um pensamento avançado para sua época no primeiro livro e Judith, uma jovem que se vê refém de sua própria família. Judith sempre foi oprimida por sua família com relação ao seu corpo. Seus cabelos vermelhos, suas curvas avantajadas despertavam nos homens olhares incriminatórios que faziam o seu pai, um reverendo se envergonhar e inferiorizar sua filha por sua aparência oferecendo tratamento diferencial diante da família. Com as dívidas causadas por seu irmão, Judith é mandada para a casa de sua tia onde irá trabalhar como dama de companhia para a sua avó doente. Rannulf Bedwyn é diferente de seu irmão Aidan; sem qualquer responsabilidade, seus dias se resumem em companhia de belas damas, bailes na alta sociedade, bebidas e isso muito preocupa sua avó que o instiga a cada dia a conhecer uma jovem para casar. Mary Balogh nos apresenta dois personagens que desejam fugir das responsabilidades e estigmas que a sociedade os impõem e utilizam como[…]

Leia mais

No Mundo da Luna

Carina Rissi, definitivamente, entrou para o rol das minhas autoras nacionais favoritas. No Mundo da Luna é o terceiro livro que eu leio da autora e me apaixono completamente pelas personagens e suas histórias!

Leia mais

Ardente / Em chamas

Protagonizado por Gianna Rossi e Jackson Rutledge a história trata desse casal que teve um relacionamento rápido há dois anos. Nunca mais se viram, mas aí o reencontro acontece. Venha conferir essa tórrida paixão!

Leia mais

O que chegou em Maio – 2015

Que tal conferir alguns dos livrinhos que chegaram para o blog em Maio??? Quais deles vocês já leram ou gostariam de ler???  

Leia mais

Caixa de Pássaros

Caixa de Pássaros é o livro de estreia de Josh Malerman e um suspense psicológico que vai fazer você perder o sono de tão intenso e verossímil que é. Narrado em terceira pessoa, o romance alterna passado e presente, nos deixando a par de todas as emoções e situações vividas pelos protagonistas. Tom, Jules, Don, Felix, Cheryl, Olympia e, mais tarde, Gary são personagens secundárias, mas essenciais no desenrolar da história onde criaturas atormentam a população americana e acabam mudando para sempre o entendimento de mundo até então conhecido. Você não vai querer fechar os olhos até chegar à última página, até descobrir o que acontece com Malorie, o Garoto e a Menina nesse novo mundo apocalíptico e surtado.  

Leia mais

Reféns do Livro

Anna sempre me questionou: Por que insistir em uma leitura na qual você não está se agarrando? A vida é curta demais para se perder com histórias que não mexem com o seu emocional. Ao longo da minha pequena trajetória literária, me deparei apenas com poucas histórias as quais decidi abandonar sem descobrir o seu desfecho, e afirmo: o sentimento não é bom. Apesar da narrativa arrastada, personagens chatos e diálogos monótonos, sempre insisti na leitura por acreditar na melhora do relato e por esperar de toda a história uma lição de moral ou uma ideia que o autor deseja nos apresentar. Ao abandonar antes dos agradecimentos finais é como se falasse ao autor: “Meu querido (a), você não serve para escrever“; mas, quem sou eu na fila do pão para direcionar tal afirmação para alguém? Pode parecer contraditório da minha parte pois, afinal, escrevo resenhas, aponto elementos os quais o autor pode e deve melhorar para suas próximas narrativas, mas nunca digo que o mesmo deva abandonar esta carreira, pois foi necessário coragem e fé para trilhar este caminho. A primeira vez em que abandonei uma história foi aos meus 13 anos, onde comecei a ler um autor angolano e apesar dos avisos da bibliotecária sobre ser um tema avançado para minha idade, acabei insistindo na leitura e por fim abandonei, até hoje não me lembro do que se tratava o livro, mas me recordo perfeitamente da pergunta da funcionária ao perceber a página em que parei e eu lhe responder: Eu não entendo. E[…]

Leia mais

Jane The Virgin

Jane The Virgin é tão boa que eu nem sei por onde começar.

Representatividade/Mulheres furtes? SIM.
Comédia? Sim.
Drama? SIM!
Romance? Tá ficando cansativo; mas sim.
Plot twist*? E COMO!

Leia mais

O Acre existe!

O Acre existe e eu sou a prova disso! rsrs
Venha conferir um pouquinho sobre este Estado tão desconhecido para muitos brasileiros! <3

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.