Aventuras Pela Literatura Nacional, por Mari Rodrigues

OI, GENTE! Final de 2014, a Nica estava mudando de casa e eu, de cidade; ou seja, a GVT foi mais malvada comigo. Demorou; mas agora tenho internet e ainda não é (tão) tarde para desejar um SUPER FELIZ 2015 PARA VOCÊS, PESSOAS LINDAS! 2015 é um ano novinho e estou empolgada!
Hoje, temos um texto da Mari Rodrigues contando um pouquinho da sua experiência com os livros nacionais no ano de 2014. Ela comentou no twitter que teve uma experiência muito legal com as leituras brasileiras então pedi para que a compartilhasse com a gente. 🙂 A @marifrenia é uma fofa e você pode ver alguns trabalhos dela aqui e aqui. Caso queira compartilhar suas experiências com os livros, autores e/ou eventos nacionais é só comentar no post e/ou entrar em contato. Vai ser um prazer dividir esse espaço com você! ♥

Sempre começo o ano me propondo algum desafio literário. No início de 2014 comecei vários. Alguns cheguei até o final, enquanto outros acabei morrendo na praia. Um dos objetivos era ler a maior quantidade possível de livros nacionais – contando que eu tinha leituras para o tcc e de sagas que já havia começado para terminar.  Mas não queria que essas leituras fossem baseadas só nos clássicos da nossa literatura. Apesar de adorar vários, acho que já tive uma dose suficiente deles durante o ensino médio. Não, eu queria explorar áreas da literatura nacional que eu ainda não tinha lido. Algo mais fresco.

Tudo isso resultou em 10 livros, tanto em formato digital quanto físico. Vamos aos meus preferidos.

IMG_1774

A Ilha dos Dissidentes, Bárbara Morais – eu já estava querendo ler esse há um tempo, mas como esse ano seria lançada a segunda parte da trilogia durante a Bienal do Livro de São Paulo, decidi esperar para poder ler os dois juntos. E só posso dizer que foi uma decisão das mais empolgantes que li recentemente. Um ponto que eu acho ainda mais interessante é o cuidado da autora com a questão da representatividade. Os personagens não são modelos intocáveis de perfeição, eles são como nós. Pessoas dos mais variados tipos. É o tipo de leitura que você não larga até chegar no último parágrafo mesmo não querendo que o livro termine.

IMG_1772

Nada Dramática, Dayse Dantas – a última vez que ri tanto com um livro foi com Marley e Eu. Sabe aquelas histórias de escola que, apesar de que todo mundo já passou por algo parecido, só temos referência em livros pela cultura americana? Nada Dramática traz todos esses dramas para uma realidade nossa, onde é muito mais fácil se identificar. Me fez até lembrar que existem coisas legais sobre o ensino médio. Sem contar as aventuras da Agente C entre os capítulos, que eu honestamente acho que deveria ser um livro ou uma HQ a parte.

IMG_1771

Inverno das Fadas, Carolina Munhóz – eu queria muito ler as fantasias da Carol. Muito mesmo. As expectativas eram altas. E elas foram superadas quando cheguei ao final do livro. A história é linda. Cheia de imagens e lugares mágicos incríveis. Ainda conta com um mega cuidado de pesquisa sobre as lendas envolvendo fadas. Sabe quando você fica suspirando ao lembrar do final mesmo depois de dias? Então foi como fiquei.

IMG_1770

No Encontro de uma Constante, Bruno Luiz Mattos – acho que vocês já ouviram falar desse moço por aqui. Eu acho incrível essa “retomada” da poesia que está acontecendo no mercado. Ainda mais incrível é ter um amigo que escreveu um livro de poesias. Sem contar que a minha dedicatória no livro é incrível. Agora chega de elogios antes que ele fique metido.

Já tenho mais alguns livros nacionais aqui em casa para ler e mais vários na minha wishlist. A literatura nacional está incrível. Uma aventura que vale a pena. E vocês, quais livros nacionais andaram lendo?

Sobre o autor

Anna Oliveira
Anna Oliveira

Cristã, formada em Marketing e em Gestão de Projetos. Escreve todos os dias, é apaixonada pela língua portuguesa e não vive sem o Duke, um vira-lata ciumento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar esses marcadores HTML e seus atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.