Campanha Fale Contra o Abuso – Editora Valentina

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+

Falar sobre esse assunto é um tanto quanto complicado, ainda mais em um mundo cada vez mais deturpado de conceitos e valores. Hoje, dia 18 de maio, é dedicado ao Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em nosso país. Em uma campanha com seus parceiros, a Editora Valentina busca promover essa luta bem como um debate sobre o assunto, ambos a fim de conscientizar aqueles que já passaram por isso tanto quanto aqueles que, graças a Deus, não tiveram o azar de viver tal “experiência“.

FaleContraoAbuso-Capa-facebook

 

Ano passado, a Editora Valentina publicou um dos maiores best-sellers americanos sobre o assunto, o livro Fale!, da autora Laurie Halse Anderson. Um livro bastante polêmico, que não trata somente do abuso sexual, mas de bullying – dois temas muito em alta, infelizmente.

Fale! foi escrito em 1999 e, até hoje, se mantem em evidência. Tanto que ele é utilizado em muitas escolas americanas para conscientizar os jovens de que violência sexual é coisa muito séria e que pode trazer consequências eternas – além das marcas óbvias que qualquer agressão como essa já deixa naturalmente. Além do sucesso literário, a autora teve seu livro adaptado para os cinemas, sob o título “O Silêncio de Melinda“, personagem principal de Fale!, que é abusada e agredida sexualmente por um de seus amigos de escola, durante uma dessas festas proibidas e regadas a bebidas e etc.

Melinda é uma jovem bonita, popular e inteligente, mas que se torna o oposto disso quando, depois de ser atacada, passa a sofrer preconceito por parte de seus amigos, virando meio bichinho do mato, deixando de se importar com as coisas, conseguindo apenas se “Libertar” através das artes. Fale! é um livro intenso, para falar de um assunto muito delicado e que, infelizmente, se torna cada vez mais recorrente em nossa sociedade. 

Graças a Deus, eu nunca passei por isso e nem conheço pessoas que tenham passado por tal. Contudo, não tenho a menor dúvida que é uma marca que fica para sempre e que deixa sequelas, muitas vezes, invisíveis aos olhares menos atentos. Quando eu li Fale!, fiquei realmente chocada. Como as pessoas não percebem as mudanças de atitudes? Como as pessoas criticam sem saber o que de fato aconteceu? Como pode uma história ter somente um lado? 

Meu intuito com esse post, somado à resenha que fiz sobre o livro de Lauren Anderson, é unir forças à autora e à Editora Valentina para abrir os olhos das pessoas para esse problema, que ainda é causador de muitas mortes, muitas delas por medo daquelas que são fisicamente agredidas e sexualmente violentadas de ir contra o seu agressor, em grande parte por serem cônjuges ou, o mais doloroso, seus pais. Basta dessa impunidade. Vamos falar, colocar a boca no trombone. Ninguém tem o direito de forçar o outro a nada que não queira. Temos que fazer valer nossos direitos e correr atrás da nossa liberdade. Não deixe de falar, de procurar ajuda caso isso aconteça com você (ou com alguém que você conhece). Você pode não ter outra chance. Pense nisso.

Se você suspeitar ou tiver conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo qualquer tipo de violência, DENUNCIE! Mais informações, aqui! Não tenha medo! #FaleContraOAbuso

23FalecontraoabusoSelo-assinatura1

Leave a Reply

Your email address will not be published.
Required fields are marked *