Categoria -Aleatório

1
Mr. Folks
2
Os Romantizadores
3
Adeus aos personagens de John Green
4
5 Nerds Que Nós Amamos
5
Clube do Livro – Uma parceria entre amigos
6
Ao meu amor…
7
Amor versus Medo
8
Sentimentos…
9
O gato de Botas
10
Saudades…

Mr. Folks

Não sei vocês, mas sou uma pessoa que coleciona inúmeras lojas na barra de favoritos. Nos últimos dias fiz um problema no computador e precisei organizar tudo o formatando e no meio de toda essa situação só conseguia pensar: Oh, minhas fotos, meus vídeos e a minha barra de favoritos! Agora que tudo isso voltou ao normal decidi fazer um post de comemoração!

Leia mais

Os Romantizadores

Como se tudo na vida não fosse dramático suficiente agora precisamos adicionar um toque de romance. Feche as cortinas do palco da vida e espere o diretor gritar novamente: Câmera, luzes e ação, pronto, agora a cortina se abre, mas além do drama e da dor, tudo agora é suavizado com o toque do romance.

Leia mais

Adeus aos personagens de John Green

Houve um período em que fui extremamente fã de John Green. Não, eu não sabia o nome de sua esposa, local de nascimento, formação, data de criação do canal com seu irmão e outras milhares de informações que um fã pode saber sobre o autor, mas apenas gostava de sua escrita relativamente nerd e como seus personagens pareciam longe dos seus locais habituais, nada estereotipados como quietos – apesar de alguns serem descritos assim – como se sua aparência o afastassem de qualquer garota e extremamente reclusos da sociedade. Vê-lo rompendo com essa ideia de ser nerd e criando uma nova formulação, personagens que se identificam conosco – apesar de suas loucuras – foi o meu estopim para aderir os quatro livros do autor.

Leia mais

5 Nerds Que Nós Amamos

Não sou uma pessoa que gosta muito do estereótipo de nerd, pois nunca sei quando o mesmo deve ser empregado. Como assim? Uma pessoa pode ser nerd porque sabe assuntos de uma disciplina ou de uma área acadêmica. Pode ser nerd por saber detalhes dos inúmeros universos de HQs e Mangás ou ser nerd porque fica isolada. Geralmente ser nerd significa ter conhecimento e se tornar isolado, como se isto dificultasse a convivência. Pensando nos meus seriados e nos personagens que admiro, percebi que tenho um campo de personagens secundários que se encaixam na ideia de nerd e rompe completamente com o isolamento, demostrando que o mundo pode ser divertido preenchido de referências. Então vamos a lista? 5º Mozzie – White Collor (2009-2014) Mozzie é um anti-herói – acredito que podemos chamá-lo desta forma – da série White Collor e faz parceria com o criminoso Neal Caffrey que após algumas situações se tornou consultor pessoal do FBI. Mozzie chama atenção no primeiro instante por ser um personagem de estilo intrigante. Suas vestimentas, modo de falar e comportamento pessoal faz o cômico e o elegante caminharem lado a lado. O seu modo de vestir lembra o protagonista do filme Meu Malvado Favorito – o que é uma ótima ligação. A minha admiração pelo personagem por sempre ter uma carta na manga, consegue desempenhar inúmeros papéis “Eu sou advogado pode conferir o meu diploma online 1×8”, mas o que me chama atenção no personagem são os seus filmes e jogos inusitados. Mozzie nutre uma paixão por filmes[…]

Leia mais

Clube do Livro – Uma parceria entre amigos

Em uma conversa de blogueiros e amigos, logo na primeira semana de janeiro, criamos o ‘Clube do Livro’. Todo mês vamos escolher um livro para ser debatido entre os membros do grupo, em um tópico específico, no Facebook. Todo dia 15 de cada mês será realizada uma votação para definir o livro do próximo mês. Lembrando que caso não possa participar de uma leitura do mês, não tem problema, os tópicos serão mantidos no grupo para a “eternidade” e podem continuar recebendo comentários. Se você gostou, vai participar e quer ajudar a divulgar, pode encontrar as imagens de divulgação na sessão “arquivos”do grupo. O primeiro livro escolhido foi “O Chamado Cuco”, de Robert Galbraith (a.k.a. J. K. Rowling).

Leia mais

Ao meu amor…

Hoje é aniversário de uma pessoa muito especial em minha vida e que, sem ele, nada teria o sentido que tem! Hoje meu marido, meu amigo, meu amante, meu companheiro, meu ombro, minha válvula de escape, meu irmão, meu tudo, Igor, completa 26 anos de vida! Amor, te desejo tudo de bom! Você é um homem maravilhoso, um marido ideal! Deus me abençoou muito quando te colocou, sem querer hehehe, em meu caminho há sete anos atrás! Você fez tudo valer a pena quando tudo parecia errado, você me deu forças para continuar quando eu achava que deveria desistir da vida, você me fez acreditar no AMOR e na AMIZADE, você me trouxe a vida quando o meu mundo ficou sem chão! Te amo hoje mais que ontem e com certeza ainda muito menos que amanhã! Agradeço a Deus todos os dias por ter você a meu lado, por podermos construir e fortalecer nosso casamento a cada dia de nossas vidas! Te amo eternamente! 😉 Lembra desse poema que fiz no começo do nosso namoro? Promessas Desde o momento em que nos conhecemos até hoje Como um compromisso com você, te dou minha palavra Eu prometo que nunca te magoarei Que nunca te farei passar por tolo Você apareceu quando eu não tinha mais fé Você iluminou minhas noites e meus dias Você me completou de tantas maneiras Que não consigo me imaginar sem você Eu sei que não sobreviverei um dia sequer Se eu não tiver você Eu sei que ficarei doida Se eu[…]

Leia mais

Amor versus Medo

Hoje, posto aqui mais uma de minhas “poesias”… Espero que gostem!!! Essa fala do medo de amar… Foi escrita em Setembro de 2004, logo no começo do meu namoro com o meu marido (tínhamos duas semanas de namoro)… Naquele ano já tinha me desiludido, não com um AMOR mas com uma paixonite de menina e não queria me envolver com ninguém… por MEDO… Passa o tempo Passa o momento Mas não passa o sentimento Nem o causado sofrimento Sentimento em meu pensamento Sofrimento em meu lamento Tudo causa desalento Tudo machuca, aqui dentro Temo pelo tempo Temo pelo sentimento Temo por te ter em pensamento Temo por te amar nesse momento.

Leia mais

Sentimentos…

Mais um poema de minha autoria… Espero que gostem! Esse também é de 2004… Do comecinho da minha história com o meu marido! Sentimentos. Pensamentos. Medo de sofrer. Medo de perder. Medo de se entregar. Medo de, assim, se decepcionar. Mudar… Hora de viver os momentos. Hora de deixar fluir os sentimentos. Hora de deixar de lado pensamentos. Pensamentos que causam sofrimento. Pensamentos que corroem por dentro. Te adoro nesse momento. Te quero em pensamento. Não te desejo sofrimento. Por isso… Viverei o momento. O sentimento. Que seja eterno, enquanto dure. (por Nica em 30.08.04)

Leia mais

O gato de Botas

O Gato de Botas é um conto de fadas de autoria do escritor francês Charles Perrault, incluído no livro Les contes de ma mère l’Oye, publicado em 1697. A história original Um moleiro possuia três bens: um moinho, um burro e um gato. Ele resolve repartí-los entre os três filhos na hora da morte.O filho mais moço, que recebeu o gato, ficou muito descontente, mas o gato demonstrou que um amigo leal e astuto vale mais que as riquezas. As adaptações O Gato de Botas teve três versões anime: Série de 26 episódios da Enoki Films Três filmes da Toei Animation. Dois episódios da série de anime Grimm Meisaku Gekijoo (em Portugal Grimm: Histórias – Encantar distribuído pela Trisan Editores ou Os Teus Contos Clássicos distribuído pela Editorial RBA) Um filme solo do Gato de Botas denominado Puss in Boots foi lançado dia 09 de dezembro, sexta-feira passada. O personagem já teve participações em três dos quatro filmes da série “Shrek”.   Sinopse: Muito antes de conhecer Shrek, o notório lutador e sedutor Gato de Botas torna-se um herói ao sair em uma aventura com a durona e malandra Kitty Pata-Mansa e o astuto Humpty Alexandre Dumpty para salvar sua cidade. Complicando a situação, os fora da lei Jack e Jill fazem de tudo para ver o Gato de Botas e seu bando fracassarem. Bem diferente da versão original e acertadamente desconectada da história do Gato nos filmes de Shrek, a Dreamworks nos traz mais uma aventura divertidíssima e encantadora. Apesar de não ser uma obra-prima, é um filme emocionante, com direito a duelo de danças, ataques a vilões e muita ação na busca pelos Ovos Dourados. A garotada com certeza vai[…]

Leia mais

Saudades…

Hoje completam sete anos que minha velhinha, minha mamuska, minha guerreira foi atropelada e o triste fim de sua breve vida começou… Por isso, hoje postarei um poema que fiz relacionado a nossa vida nessa terra… Fragilidade Incrível como somos frágeis. Incrível como a vida pode mudar em um dia, uma hora. Incrível como pode mudar também em um minuto, um segundo. Incrível mesmo… Somos pouco. Somos nada. Somos ninguém. Criamos armas contra nós mesmos. Criamos e recriamos. Nos matamos. Por muito, por pouco, por nada. É triste olhar ao redor e sentir pena… Pena do mundo. Pena das pessoas. Pena da minha família. Pena de mim. Enfim, pena da vida. Pena de uma vida que pode ser perdida. Por uma doença. Ou uma bala “sem destino”. Por um choque. Ou atropelamento. Inconseqüência? Nem sempre… Vivemos num mundo sem amanhã. Vivemos num mundo de dor. Será um mundo sem esperança? Um mundo sem cor? Pessoas invejosas. Gananciosas. Pessoas tristes. Infelizes. Pessoas sem destino. Sem amigos. Pessoas sem amor. Não perca tempo com tonturas. Frescuras. Perca tempo com Amor. Viva o hoje como se não houvesse amanhã. Porque do hoje podemos ter certeza mas, do amanhã, jamais. (por Nica em 19.12.2004) Valorizem as pessoas que vocês amam HOJE, respeitem, amem, demonstrem, sirvam essas pessoas e as recompensas serão eternas, divinas e vocês não sofrerão com o famoso e se?

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.