Categoria -Uncategorized

1
Tatuagem Literária – A difícil tarefa de escolher uma
2
Profissões para Leitores
3
Cinder
4
A Elite
5
Álbum de Casamento
6
O Amor Mora ao Lado
7
E Se Fosse Verdade…
8
Azar o Seu!

Tatuagem Literária – A difícil tarefa de escolher uma

Olá Galerinha!!! O post de hoje é para papearmos sobre Tatuagens Literárias, ou seja, inspiradas em livros!!! <3 Quem acompanha o blog há algum tempinho, deve saber que eu já tenho duas tattoos – em homenagem aos meus pais – e, desde o ano passado, estou pensando em fazer mais uma, pelo menos. rsrs Eu não vejo problema em tatuar o corpo, desde que conscientemente. Quando a gente decide fazer uma tatuagem, tem que ter em mente que é pra vida toda (ainda que hoje existam maneiras meeeeega doloridas para remoção). No meu caso, eu sabia que nunca me arrependeria de deixar marcado em minha pele o meu amor pelos meus pais. A minha primeira tatuagem eu fiz em 2006, pouco mais de um ano depois do falecimento da minha mãe. Aliás, minha mamuska vivia dizendo que eu era uma “parida” (que sofre e chora por qualquer coisinha, qualquer dorzinha), que ela não queria nem imaginar no dia em que eu fosse dar a luz, que eu ia tocar o terror na maternidade! Mostrei que ela estava errada, né?! rsrs Minha mãe foi uma guerreira. Sempre. E eu queria uma tattoo fofa e, ao mesmo tempo, imponente. Nessa época, em 2006, eu ainda jogava RPG online, mais precisamente, Ragnarok, e um dos meus irmãos é que me deu a ideia de usar a minha bonequinha, a Arqueira, para representar a nossa guerreira, a nossa estrela. Pois bem, essa foi a minha primeira tatuagem, com a Arqueira e o apelido de infância da minha velhinha embaixo,[…]

Leia mais

Profissões para Leitores

  É bem provável que em algum momento da sua vida você tenha encontrando na internet um post com a mesma temática. Sei disto, pois no ano passado me vi no desespero de encontrar uma profissão que me ligasse ao meu hobby favorito: A Leitura! Apesar de existirem milhões de post falando sobre profissões para leitores e o guia do estudante (www) informando sobre mercado de trabalho, acho tudo tão superficial! Quando estamos em dúvida sobre determinado curso, queremos ouvir de alguém os porques de escolher aquela profissão, a primeira imprenssão e o principalmente: O QUANTO LER! Estas informações são tão importantes, afinal,”você está escolhendo o que vai ser da vida“. ( frase da minha mãe!) E lembrando que falta pouco para o Enem e o desespero do Sisu e suas notas de corte (passado que não desejo lembrar!) pensei: Por que não criar um post falando sobre Profissões Para Leitores, mas com um diferencial de quem vai falar sobre os cursos somos nós, os estudantes da área de Humanas, leitores árduos e sofredores da xérox. Ciências Sociais – Conheci a Juliana Ribeiro no Miécimo no último do Ensino Médio. E por coincidência do destino entramos na mesma faculdade, apesar de cursos diferentes somos ligadas pelas humanas 😉 Quando você decidiu por Ciências Sociais? – Escolhi cursar Ciências Sociais pois sempre me interecei por questões da sociedade e na maneira que elas se resolviam. Sempre quis entender o mundo, e aprender mais sobre as sociedades e suas relações me pareceu uma boa ideia. Qual período?[…]

Leia mais

Cinder

Na vida literária existe uma frase que nunca vamos ser capazes de fugir: “Amigo, este livro é perfeito. Você precisa lê-lo!” E, nos últimos dias, quem veio recebendo está frase no meu ciclo social foi Cinder da Marissa Meyer. E puft! Imagina quem não pode fugir da leitura?! Marissa Meyer nos apresenta um mundo completamente diferente do que um dia poderíamos imaginar. Um mundo onde humanos, ciborgues e androids coexistem; e Cinder, a protagonista deste conto de fadas, se encaixa na segunda classe social. Com um passado misterioso, Cinder não se lembra de seus verdadeiros pais, qual é o seu país de origem e muito menos das lembranças antes dos seus onze anos. Diante disso, as únicas coisas que Cinder tem absoluta certeza, é de que foi salva pelos cientistas de um acidente e isso transformou mais de 30% de corpos em peças mecânicas. Ah! E que sua madrasta a odeia com todas as forças possíveis. Porém, nos últimos dias, Cinder não tem mais certeza de nada. Com o aparecimento do príncipe Kai no mercado e o aumento do surto da doença fatal em Pequim, a situação em sua casa vem abaixo quando sua meia-irmã fica doente. Tantas perguntas começaram a surgir na minha cabeça com poucas horas de leitura. E a ansiedade de descobrir como Marissa Meyer irá guiar a história te leva a devorar o livro imediatamente. Acho que por isso que levei 8 horas ao todo com o livro! Ou será que não? rs Quando me indicaram Cinder para ler, utilizaram as[…]

Leia mais

A Elite

Pode conter spoilers. Leia a resenha do primeiro volume, A Seleção, aqui. Quando o lançamento da continuação de A Seleção foi anunciado, no começo do ano, pela Cia das Letras, eu surtei!! Apesar de algumas – poucas – pessoas não terem gostado tanto assim do primeiro livro, eu amei. Kiera Cass conseguiu me prender, me entreter, me fazer morrer de amores e ódio por algumas personagens – principalmente a bitch da Celeste -, e conquistou de vez meu coração com A Elite. Estava muito ansiosa, contando os dias para poder “ver” Maxon, meu príncipe fofinho. Sim gente, sou Team Maxon forever! risos Não suporto o Aspen. Acho que, independente da organização sociocultural de Illéa, ele poderia ter sido mais homem, poderia ter lutado por seu amor por America. Infelizmente, pra ele é claro, ele fez isso tardiamente, quando a cantora já se encontrava na Seleção e envolvida com o Príncipe. Imaginem a minha alegria quando a Diana, que cuida das parcerias da Cia das Letras, anunciou que a editora disponibilizaria provas antecipadas do livro??? Precisava de uma dessas cópias! E, graças a Deus e ao trânsito no Rio de Janeiro, no dia em que ela liberou, enquanto esperava no engarrafamento, acabei por abrir meu e-mail no exato momento e, assim, consegui minha provinha!!!!!!!!! *todos comemoram* Tão logo a mesma chegou, larguei tudo e todos, e entrei no mundo de A Elite. E não me arrependi. Como eu disse no começo dessa resenha, Kiera Cass consegue nos prender de tal maneira que se torna impossível largar o livro, ele é simplesmente viciante e apaixonante. O que nos leva a uma sensação “ruim” ao término do[…]

Leia mais

Álbum de Casamento

Álbum de Casamento foi amor à primeira virada de página. Confesso que esse é o primeiro livro de Nora Roberts, autora mundialmente conhecida e uma versão feminina de sucesso do Nicholas Sparks, que leio. Se arrependimento matasse, ah, eu já estaria mortinha da silva. Como assim? Sempre fiquei me perguntando porque as pessoas idolatravam a autora, porque os livros dela vendiam tanto e estavam sempre presentes nas listas dos mais vendidos, mas eu ainda não tinha tido aquela vontade de lê-la. E não, na faculdade de Letras nunca li nada dela também. Graças à Editora Arqueiro, minhas dúvidas foram sanadas e meu arrependimento por não ter dado uma chance à autora antes veio à tona. Nora Roberts escreve de maneira leve e fluída, com uma narrativa daquelas gostosas de se ler, que te envolve e te aproxima às personagens. Uma vez que comecei a ler Álbum de Casamento, não queria mais parar. Não é um romance daqueles que você vai encontrar grandes acontecimentos, mas é um livro palpável e que trata dos sentimentos mais simples, como amor e amizade, como confiança e cumplicidade, como perdão e superação. Álbum de Casamento é o primeiro volume de uma série composta por quatro livros e intitulada Quarteto de Noivas. Nesse primeiro livro, Nora nos apresenta às quatro amigas de infância, que adoravam brincar de casamento quando crianças e que, quando adultas, acabam montando uma empresa chamada Votos, voltada para o planejamento e a organização de uma bela cerimônia de casamento, sempre na casa onde Parker, uma das amigas, fora criada e herdara com seu irmão Del após a morte dos pais. Com[…]

Leia mais

O Amor Mora ao Lado

Que eu sou apaixonada por bichinhos de estimação, quem acompanha o blog, já deve ter percebido. Tenho nada mais nada menos que quatro cachorros da raça Dachshund – ou os famosos salsichinhas da Cofap – em casa e um aquário meio grandinho…  Então, se o livro traz bichinhos na capa ou tem na sinopse algo os envolvendo, é fato, me ganha de cara! Porém, tenho que confessar que gatos não me atraem pessoalmente. Hehehe Contudo, achei a sinopse de O Amor Mora ao Lado da autora Debbie Macomber tão simples e interessante, sem falar na capa que a Novo Conceito arrasou na escolha, que não consegui resistir e tive que pedir o livro. Tão logo o mesmo chegou, já peguei para ler e NÃO ME ARREPENDO. Sim, o livro não é um best-seller para chamar de meu, mas é tão fofo, tão doce, tão simples, com um quê de divertimento e leveza que, para mim, foi fácil me envolver com a história de Cão e Cleo, ou melhor, com a história de Jack Walker e Lacey Lancaster. Com uma narrativa objetiva e fluída, onde não vamos encontrar muitos floreios e enrolação por parte da autora, somos apresentados a personagens que me cativaram instantaneamente. Tanto os felinos, quanto os humanos. Debbie soube “linkar” os gatos e seus donos, suas personalidades, seus medos, suas atitudes. Lacey é uma jovem recém-separada e que vive para o trabalho onde não é bem remunerada. Sua única companhia é sua gata, Cleo. Com o fim de seu casamento, se mudou para ficar longe do ex-marido e, assim, tentar reconstruir sua vida. Traumatizada, ela vive reclusa em seu apartamento, sofrendo[…]

Leia mais

E Se Fosse Verdade…

Como começar a resenha de um livro perfeito e emocionante como esse? Eu já amava o filme, tanto que quando a Suma me ofereceu o livro para resenha, eu já sabia que ia gostar. Já sabia que ia me envolver com as personagens, com o romance, com as cenas de afeto e com as cenas divertidas. O filme já tinha me conquistado. Até as falas eu já meio que tenho decoradas. Mas aí, aconteceu algo inesperado. Eu simplesmente me apaixonei completamente e intensamente por E se fosse verdade. *Quem me viu no último sábado na Bienal do Livro, dando pulinhos e falando para as amigas comprarem o livro, sabem do que eu tô falando! rsrsrs* Talvez, a maioria de vocês já conheça, tenha assistido ou ouvido falar sobre esse filme, uma comédia romântica protagonizada por Reese Whiterspoon e o charmoso Mark Ruffalo, e saiba a trama central desse romance, mas ainda assim, como eu, podem ter certeza, vocês irão se surpreender com a intensidade com que Marc Levy nos apresenta a história de Arthur e Lauren (que no filme se chama Elizabeth). É claro que a história em si é fantasiosa, totalmente inverossímil, mas nem por isso ela deixa de nos passar uma mensagem, nem por isso ela deixa de ser intensa e repleta de lições de amor, de superação e de vida. Todos nós sabemos que livros e suas adaptações são raramente fiéis ou correspondentes. Isso acontece um pouco (ou bastante?) com o romance escrito por Marc Levy. Eu, manteiga derretida assumida, já me debulhava em lágrimas assistindo à película, mas com o livro, foi mais forte. Não sei se estou conseguindo me[…]

Leia mais

Azar o Seu!

Azar o Seu é o segundo livro da autora mineirinha Carol Sabar e o primeiro que eu tive a oportunidade de ler. Ah… E se arrependimento matasse, eu tava mortinha! (risos) Me apaixonei pela escrita da autora, sem falar que a história é divertidíssima! Nesse chick-lit maravilhoso, iremos conhecer a Bia, uma jovem de 25 anos que passa por uma das fases mais azarada da sua vida: solteira carente, cheia de dívidas e desempregada (a coitadinha foi demitida por justa causa, numa clara armação de algum colega de trabalho). Doida para voltar para sua casa em Juiz de Fora depois do funeral da madrasta do primo de seu pai, onde teve um “lance” com seu “primo” atrás de uma moita no cemitério durante o enterro da mesma, ela se encontra presa em um engarrafamento, na Linha Vermelha. Não bastasse o trânsito, ela percebe o motorista lindo e charmoso do carro ao lado fazendo sinais com as mãos, tentando chamar sua atenção. Será que a maré de azar de nossa mineirinha está, enfim, acabando? A verdade é que esse Deus grego do outro carro a conhecia, mas Bia estava negativa e distraída demais para notar quem ele era. De repente, carros começam a recuar e o tiroteio se instaura. Desesperada, ela se joga no asfalto, embaixo da Kombi da Floricultura Quatro Estações, de seu pai, a fim de se proteger. E quem logo se junta à moça? O “estranho” do carro ao lado. Acreditando que não sairá com vida dessa situação, Bia começa a confessar seus verdadeiros sentimentos por um grande amigo amor do passado,[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.