Cores: A revolução começa no quarto de brinquedos

Book

Cores é um projeto em quadrinhos para pessoas de todas as idades. Sim, "todas as idades" normalmente quer dizer infantil. Mas no caso do Cores, quer dizer exatamente isso: "deixa de bobeira e vem ler esse livro você também", afinal, nunca é tarde demais para começarmos um diálogo sobre respeito, liberdade e diversidade. São pequenas histórias sobre um grupo de crianças que, como todos nós, são muito maiores por dentro do que por fora, e se recusam a se espremer em pequenas caixinhas de convenções. São crianças que querem ser livres para descobrir suas paixões e brincar com todo o poder da sua imaginação - que é, provavelmente, a força mais poderosa do mundo.

Por fazer um curso que se encontra no campo da licenciatura, muitos debates sobre gênero, crianças e brincadeiras chegam a mim. Alguns neste momento podem revirar os olhos, achar que é besteira, uma argumentação sem importância sobre a construção da criança ou que a sociedade encontra-se com os valores contrários, entretanto, vai me dizer nunca se questionaram: Quem disse que rosa é e menina e azul é de menino?

Ao longo da minha infância sofri bastante por gostar de “coisas de meninos e meninas”, por sempre conversar sobre HQs, RPG e animes e ao mesmo tempo gostar de príncipes, cozinhar e etc. Isto era um saco, pois ouvia bastante “Débora é uma menina homem”. E o que é ser menina homem? O que é coisa de homem e o que é coisa de mulher? Carol Rossetti se propõem abordar essas construções acerca do universo infantil a partir da perspectiva das crianças, não de um modo tão complexo e confuso que o adulto tenta dizer que é.

Cores – A revolução começa no quarto de brinquedos é um projeto em quadrinhos que o qual narra a história de Lila, Su, Leco, Mel, Thiaguinho e Ben. Crianças excepcionais que tem perspectivas diferentes sobre cores, brincadeiras, culturas, línguas, sexualidade e relacionamentos. Para quem acha que a criança não entende, Carol Rossetti apresenta que não é apenas compreende, como questiona o que é diferente e cabe a nós adultos saber responder e direcionar essa curiosidade e duvidas para que começa uma revolução no mundo das crianças.

A história de cada personagem é simples, mas encantadora, apresentando qualidades e defeitos que muitas vezes nós leitores adultos acabamos se identificando. Lila é uma menina alegre e questionara sobre o mundo cor de rosa que as meninas parecem viver. A aventura dela é fazer com que as pessoas compreendam que existem outras cores para o feminino e masculino e não apenas duras cores, criando um arco-íris e muita confusão.

Su é uma personagem que poderíamos dizer que ela é silenciosa, observadora e parece inicialmente desanimada com o mundo ao redor, mas na verdade, apenas vê mais soluções e simplifica tudo. Sua vontade é fazer esgrima que é proibido por seus país por ser perigoso e ser um esporte masculino. Leco se envolve muito nas “soluções” de Su, especialmente quando tudo o que ele deseja é parar de fazer esgrima e poder brincar de bonecas com suas irmãs sem ser definido como gay ou ser chamado de menina. E desde quando menina ou ser gay se tornou ofensa?

Carol vai muito além. Apesar de serem crianças a mesma aborda o papel do homem e mulheres na sociedade, colocando personagens masculinos para experimentar privações e sacrifícios das mulheres cotidianos que só percebemos a desigualdade quando refletimos bem, pois afinal, isto torna-se comum aos nossos olhos. Entretanto, de todos os personagens quem muito me emocionou fora Mel e Bem a partir do questionamento “O que é família?”. Questões sobre adoção e refugiados que parecem ser assuntos delicados e preenchidos de preconceitos, tornam-se sensíveis pela ótica das crianças.

A história é construída a partir de ilustrações em tons pasteis. Com personagens cativantes e uma palheta preenchida de cores, Carol Rossetti parece se divertir com os personagens e acaba chamando outros pintores para fazer o mesmo! Gostaria de poder dividir com mais detalhes da história, porém isto é contar tudo. Por isso, vou deixar vocês curiosos e querendo saber mais da história, especialmente que é válido para adultos e crianças.

Publicado em: 04/ago/2017.
Título original: Cores
Páginas: 120
ISBN: 9788592175009
Skoob: Clique aqui para acessar
Tags: ,
Categorizado como: 
Em: LivrosResenhas

Gostou? Assine nossa Newsletter!

(Seja o primeiro a fazer uma avaliação.) 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...

Sobre o autor

Debora Queiroz
Debora Queiroz

Cristã-protestante, futura historiadora e saxofonista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar esses marcadores HTML e seus atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.