Dia das Mães – hoje e sempre!

Olá Galerinha!
Primeiramente, gostaria de pedir desculpas pelo “sumiço” aqui no blog e nas redes sociais. Não sei se todos sabem, mas abri com meu marido uma franquia de escolas de idiomas da rede Wizard e estamos em uma correria só. Obra, contratação e demissão de funcionários, treinamentos e etc. Muita coisa ao mesmo tempo. Sendo que ele ainda está trabalhando… não podíamos arriscar né?!

Estou praticamente fazendo várias coisas ao mesmo tempo, cuidando de vários setores ao mesmo tempo… e, por consequência, alguma area da minha vida ia acabar sofrendo mais os impactos dessa nova empreitada. Mas, calma, eu não vou largar o blog!!!!!

Só peço paciência e compreensão. Só peço que não me abandonem. Toda vez que vocês deixam comentários, me mandam e-mails, tuítes, me dão forças e ânimo para continuar, para não me privar do blog, que é minha válvula de escape!!!

Então, se segurem aí!!! Não me deixem! hehe Essa semana as coisas já estão mais em ordem e acredito que vamos voltar a ter posts com mais frequência. Inclusive teremos promoções essa semana!!! Mas, o post de hoje nem era pra isso! rsrsrsrs

Hoje comemora-se o Dia das Mães.

leoa mãe

No entanto, pra mim, nunca celebrei como um dia só. Sempre pensei que Dia das Mães, dos Pais e outras datas comemorativas, é todo dia. Essas “datas” são mais comerciais do que sentimentais. Como meu Papito sempre fala: temos que dar valor às pessoas diariamente. Dizer que as amamos em todos os momentos possíveis. É na vida que mostramos a importância das mesmas. No dia-a-dia. E não somente em um dia em especial.

Eu já pensava assim antes. Foi a maneira a qual fui criada. Mas, depois que perdi minha estrelaminha guerreiraminha velhinhaminha mamuskaminha melhor amigaminha MÃE, passei a dar mais valor aos momentos, dar mais valor às pessoas que amo, dar mais valor aos amigos verdadeiros.

Amor é todo dia, toda hora, todo minuto, cada segundo. Desde a hora em que levantamos até a hora em que vamos dormir. Não moramos mais com nossos pais? Podemos ligar, mandar mensagem (sim, nossos pais já estão ficando mais moderninhos, não é mesmo?!). Demonstrar carinho de qualquer e toda forma. Demonstrar amor ontem, hoje, amanhã e sempre.

Mesmo não tendo minha mãe aqui, penso sempre nela, nos momentos maravilhosos que compartilhamos, em tudo que tive a honra de poder viver ao seu lado, de poder aprender com ela. Não pensem no dia hoje como somente mais uma data, mais um dia de reunião em família (o que é bom, mas não deveria ser feito somente nesses dias!!!!), mais um dia para dar presentes.

Pensem no dia de hoje como a continuação do dia de ontem e a antecipação do dia de amanhã. Pensem no hoje como mais uma chance de dizer “Eu te amo, mãe!!!” com todo o coração de vocês.

Demonstrem afeto, carinho, amor! E se quiserem comprar algum presentinho, vá lá, faz parte. Mas não se limitem somente à data de hoje para tal. Palavras e gestos significam bem mais do que qualquer bem material que possamos dar uns aos outros. Amar é muito mais do que dar presentes. É estar sempre pronto pra servir, para abençoar ao outro. 

Desculpem o longo desabafo… Mãe só temos uma, assim como Pai, e devemos dar valor a cada dia e momento de nossas vidas. Não somente no dia de hoje.

Feliz Dia das Mães – ontem, hoje e sempre! 

 

* Promoção *

Quem deixar um comentário nesse post, até o dia 19 de maio, concorrerá ao livro A filha da minha mãe e eu, publicado pela Novo Conceito. Não sou adepta somente dos presentes, pois acredito que podemos dar todos os dias, mas acho esse livro lindo e gostaria que mais pessoas pudessem ler e se emocionar com ele, entendendo o quanto essa relação de amor é importante na nossa vida, no nosso desenvolvimento.

Obs.: O sorteio será feito através do Random.org. Ah! E nada de comentários simplórios do tipo “gostei”, “lindo” só para participar. Quero saber a opinião de vocês. Quero conversar com vocês! =)

Obrigada galerinha!

*Resultado*

Obrigada a todos que participaram e dividiram comigo suas opiniões, suas emoções! Vou responder cada um dos comentários essa semana!!!

E a grande sortuda foi a Tatiana Ruiz ou, como é conhecida na internet, LadyBigby!!!!

Parabéns moça!!! Que você possa se emocionar com esse livro também!!!!

Um beijo!


Sobre o autor

Mônica Quintelas
Mônica Quintelas

Nica tem 32 anos, é mãe do Davi <3, empresária, esposa e blogueira por paixão. Nasceu na Cidade Maravilhosa, no bairro das Laranjeiras. É viciada em café e livros. Tem quase um zoológico em casa: a dash Amora e o pastor alemão Hunter, as calopsitas Bob e Belinha, e um aquário marinho - o hobby do maridão. Adora ouvir música, dançar, cozinhar, sair com os amigos, e assistir vídeos no Youtube! Acredita em Deus e seu maior sonho hoje é levar o Davi à terra natal de seus avós, Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar esses marcadores HTML e seus atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.