• Twitter
  • Facebook
  • Google+

Sabe aquele sentimento misturado com um pouquinho de moleza que bate em você quando descobre que chegou ao último livro de uma série? “Bem, chegou ao fim. Sinto muito se lhe fiz rir ou chorar.” Foram basicamente estas palavras que Ali Cronin me disse quando coloquei na cabeceira da minha cama Eu e Você para leitura.

série ali cronin

Eu e Você é o último livro da Série Garota <3 Garoto e a autora trouxe uma surpresa bem especial com relação a quem iria nos contar os seus dramas de adolescentes. Quando iniciamos a leitura da série, somos apresentados – em Nada É Para Sempre – à protagonista Sarah e, no penúltimo volume, A Garota Certa, chegou a vez de Ollie nos contar a versão masculina e isto me fez pensar que em Eu e Você seria a vez de Jack ou até mesmo Rich, mas a minha surpresa foi ver Sarah nos dando a continuação do seu Felizes para Sempre

Sarah está pensando demais ultimamente. Seu pai perdeu o emprego, sua mãe não para de fazer piadas nada engraçadas com relação à situação, e o seu irmão mais novo não consegue entender o que é ser pobre ou rico. Tudo anda confuso demais! Sua melhor amiga continua sendo idiota… e o seu relacionamento? Apesar de estar às mil maravilhas, a sua mente se confunde o suficiente para se questionar sobre o quanto Ollie pode fazê-la feliz no futuro. E, para complicar a situação, a aparição de Jackson como amigo de trabalho transforma a sua mente em um campo de batalha.

livro eu e vc

Não sei o porquê de Ali complicar tanto uma situação. Após acompanhar Ollie amando Sarah em silêncio no decorrer da série, os problemas para o casal ainda não chegaram ao fim e isto acabou me desanimando com relação à leitura. Moleza de final de série + Sarah = Ain meu Deus, sério?! Do grupo de sete amigos, Sarah é de longe a personagem que não traz muitos atrativos. Apesar de me achar parecida com relação à gostos musicais, livros e maturidade, quando o assunto é o amor, Sarah foge completamente dos padrões, dando algumas vezes a vontade de entrar no livro e conversar seriamente com o personagem dizendo para não ser leviana com o coração dos outros.

Eu e Você foi um livro bem superficial comparado aos demais. Depois de ver a autora se aprofundando com os sentimentos dos personagens em A Garota Certa, eu esperava que a desenvoltura continuasse, mas houve uma regressão que prefiro acreditar que é por conta da personalidade da personagem. O que me chamou a atenção e me deu um ânimo até roer as unhas, é saber o que acontece com Rich, que no meu caso acabou sendo o mocinho meigo da história! O bônus do livro é saber que além de Cass, tenho uma nova personagem para jogar na fogueira! HAHAHA

dedicatória

O livro é bom e a história é bem contada, mas a autora continua com os mesmos problemas de sempre. Falar demais em alguns momentos e falar de menos em outros. E acrescentar alguns personagens, podemos dizer que foi bem legal a ideia, mas não é legal quando eles somem como num passe de mágicas. Ain, sinceramente? Acho que está faltando páginas no meu livro. Quero saber o que vai ser desse povo quando estiverem na faculdade!

Leave a Reply

Your email address will not be published.
Required fields are marked *