Ligeiramente Escandalosos

Book

Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor. Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata. Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.

Aqui no Drafts todos já sabem que sou apaixonada por romance de época. Gente, é muito amor! Tenho vários títulos de diversas escritoras! <3

Bom, escrever sobre um assunto que gostamos é maravilhoso e a resenha de hoje é sobre essa série da Mary Balogh, minha diva, dos irmãos Bedwyn. São seis irmãos, sendo duas mulheres: Freyja e Morgan. E quatro homens na ordem decrescente de idade: Wulfric ou Wulf, Aidan, Rannulf ou Ralf e Alleyne.

No primeiro volume, Ligeiramente Casados, temos o responsável Aidan que se casa com Eve Morris após prometer ao seu irmão, prestes a morrer no campo de batalha, que daria a notícia e a ajudaria no que fosse preciso. Aidan, o mais responsável dos Bedwyn, cumpre sua promessa e mais ainda, se casa com Eve após saber que com a morte prematura do irmão, ela perderia a casa e a pequena fortuna. Foi um casamento por conveniência que se transformou numa bela história de amor.

No segundo, Ligeiramente Maliciosos, Mary traz a história de Judith Law e Lorde Rannulf. O romance dos dois começa ao acaso e pela mentira até que as máscaras caem e os dois se entregam à paixão. Judith tinha sua imagem deturpada e Ralf a convenceu do contrário. Com uma família bem severa, a mocinha sempre foi posta em escanteio e achava que não teria nada a oferecer ao Lorde Rannulf, por isso negava tanto a paixão que sentia.

Em Ligeiramente Escandalosos, Mary Balogh nos brinda com uma história de amor divertidíssima. Lady Freyja Bedwyn é diferente das donzelas de sua época, tem uma cabeleira loura que mantém solta, monta a cavalo muito bem, tem o nariz da família, não é bonita, mas sua personalidade marcante faz com que a beleza seja irrelevante. Seu caminho se cruza com o libertino Marques de Hallmare, Joshua Moore, que obteve o título após a morte do tio e do primo. Diferente de Freyja, que nasceu na nobreza, Joshua conheceu a pobreza e as dificuldades da vida. Tem grande mágoa por sua tia, a Marquesa de Hallmare, aliás, convenhamos que a mulher é uma bruxa! (Pronto, falei!) A marquesa faz de tudo para que o título permaneça na família e para isso quer que Joshua se case com sua filha mais, sendo que esta já está apaixonada pelo administrador da propriedade e prefere ficar solteirona a ter um casamento de conveniência.

Além da participação de todos os Bedwyns neste terceiro livro, vemos outros personagens que completam a trama. Como Lady Potford, avó de Joshua; Lady Holt-Barron e Charlotte, amigas de Freyja. As primas de Joshua: Constance, Chastity e Prudence. A ex-preceptora das primas: srta. Anne Jewell. E a ex-preceptora de Freyja, srta. Martin.

Pronto, apresentados os personagens, vamos a nossa história? Freyja e Hallmare se conhecem por acaso e numa situação em que a mocinha não poderia dizer, pois está hospedada numa estalagem e tem seu quarto invadido pelo marques no meio da noite ao fugir de uma situação embaraçosa. Por coincidência os dois estão indo para a mesma cidade Bath: Joshua vai visitar a avó e Freyja vai passar uma temporada com a amiga. A intenção de Freyja é fugir das notícias de seus vizinhos em Lindsey Hall, pois no passado teve um romance com Kit Butler, mas como ele era o segundo filho, Wulf achou por bem prometer a mão da irmã ao primeiro filho, mas o impensável aconteceu e ele morreu na guerra, quando Freyja achou que iria se casar com Kit, ele voltou da guerra casado. Desde então, ela evitou qualquer proposta de casamento e já estava acostumada a isso, mas ao ver seus dois irmãos se casarem, realmente começou a repensar sobre sua vida.

Voltando para Bath, após o inesperado encontro dos dois, Joshua se vê numa enrascada, pois sua tia vai visita-lo e continua com a ideia de querer casá-lo com a prima Constance, sem ter outra alternativa, o marques pede que Freyja finja ser sua noiva.

Ele estava louco.

Ela estava louca.

Os dois sorriram um para o outro como um par de idiotas. Pág. 94

Agora o circo está armado, já que os dois achavam que a ‘brincadeira’ fosse ser desfeita com a mesma rapidez com que começou, mas não, nada passa despercebido do duque de Bewcastle, ou Wulf, e ele vai conferir a notícia de perto. Os dois não tem outra alternativa senão sustentarem a mentira e começam a ficar cada vez mais próximos.

Ele (Joshua) sentia que tivera um breve relance de um lado de Bewcastle que o duque mantinha muito cuidadosamente escondido até mesmo da própria família. Ele se preocupava com Freyja. Não apenas com o nome da irmã e, por consequência, com o nome dos Bedwyns, mas com ela. Tinha medo de que Freyja voltasse a ser magoada. Pág. 171

Ai Wulf, meu Bedwyn preferido. <3

Joshua tinha um segredo do passado, aliás, o passado era o que ele mais evitava, mas sua tia fazia questão de relembrá-lo, tendo em vista que indiretamente o acusava da morte de seu filho. Após a acusação voltar à tona, Freyja se dispõe a ir com ele para sua cidade a fim de provar sua inocência e os Bedwyn em peso vão conhecer a ‘futura’ propriedade do casal. Entre as mágoas do passado e a nova vida, Joshua e Freyja se aproximam e não resistem um ao outro. É a melhor parte, porque o romance não é nada convencional, a chama entre os dois está sempre acesa! (risos)

Mary Balogh nos apresenta o primeiro livro de forma meio tímida em sua escrita, mas talvez seja a sua característica chegar de mansinho, essa escritora ‘não causa’ logo de cara. Tanto que em Ligeiramente Casados eu pensei que não seria um bom livro nos dois ou três primeiros capítulos. Mas ela deixa sua marca em cada volume, pois nos apresenta diferentes protagonistas e cada uma com uma personalidade mais marcante que a outra. Neste terceiro romance da série, vemos uma Freyja um pouco diferente dos dois primeiros livros. No segundo livro, sua participação é essencial como a cunhada de personalidade forte e nesse livro sua personalidade é o ponto alto, mas esse sentimento novo, o amor, que achava que sentia por Kit em nada se parece com o que sente pelo marquês, agora ela está mais madura, mas também insegura devido aos acontecimentos de seu passado.

Ligeiramente Escandalosos é o terceiro volume de uma série maravilhosa sobre irmãos fiéis e unidos. Mary Balogh nos brinda com ótimos personagens e histórias de amor arrebatadoras em uma época em que a maioria dos casamentos eram realizados por conveniência, mas os Bedwyns não, eles escolhem seus parceiros por amor. E é isso que me encanta nesta escritora e nessa séria. <3

 

Publicado em: 28/dez/2015.
Livro enviado como cortesia.
Título original: Slightly Scandalous
Páginas: 288
ISBN: 9788580414547
Skoob: Clique aqui para acessar
Tags do livro: ,
Categorizado como: 
Em: LivrosResenhas
Clique na imagem para ampliar

Gostou? Assine nossa Newsletter!

(Seja o primeiro a fazer uma avaliação.) 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...

Sobre o autor

Priscila Ribeiro
Priscila Ribeiro

Ou Pri! É formada em Geografia, vegetariana, ama animais, tem alguns gatos e um cachorro. Nasceu no Rio de Janeiro, mas não se considera de um só lugar, seria meio egoísta, já que o mundo é tão grande... É cristã, ama viajar, ler e adora as viagens que um bom livro permite. É cinéfila, ama brigadeiro e fazer brownies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar esses marcadores HTML e seus atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.