Livros e o Dia dos Namorados

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+

Hoje, dia 12 de junho, comemora-se o Dia dos Namorados aqui no Brasil – apesar de eu achar que todo dia é dia para declararmos o nosso amor à pessoa amada. É muito importante dizer Eu te amo. Nos aquece o coração e nos faz sentir o mundo de alguém. Pelo menos, é assim que eu me sinto toda vez que meu marido me dá um beijo de surpresa e sussurra, em meu ouvido, que me ama.

Mas, se você tem vergonha ou, até mesmo receio, de demonstrar com palavras o seu amor, o seu gostar, o seu gamar (como Sky e Holder em Um Caso Perdido), nada que simples e bonitos gestos não o façam também. Um buquê de flores – para aquelas que gostam, porque eu não sou muito fã não rsrs–, um singelo cartão, uma caixa de bombom personalizada ou customizada de forma especial, um passeio à luz do luar, um mimo naquele dia cansativo pra ele ou ela, um jantar preparado rapidinho (nem que seja um miojão) para assistir um filminho coladinho…

LOVE

Por exemplo, eu sou casada há quase seis anos e estou com meu marido há quase dez. Nesse tempo todo de relacionamento, muitas pessoas julgam que o amor vira amizade, que o fogo da paixão abranda… e por aí vai. Contudo, posso dizer que só depende de nós manter a chama acesa. E, como minha mãe dizia: “no final das contas, a base de todo relacionamento duradouro são a amizade e o respeito”.

Graças a Deus, eu e meu marido valorizamos demais tudo o que somos, tudo o que construímos com a nossa união. Não consigo me imaginar hoje sem ele e, tenho certeza, nem ele sem mim. Todos os dias, demonstramos o quanto o outro é importante: seja ele lavando uma louça quando sabe que eu estou megacansada; seja eu preparando um cappuccino pra ele altas horas da madrugada quando já estava deitadinha, pronta para dormir.

O amor pode ser demonstrado de várias formas: com palavras ou gestos. Lembre-se disso e valorize a pessoa que está ao seu lado. Principalmente, nos momentos difíceis, pois é aí que verdadeiramente conhecemos e experimentamos a força do amor.

OKAY

Mas, chega de blá blá blá… Para celebrar essa data com vocês, eu decidi dividir algumas das minhas paixões literárias. Confesso que foi beeeeem difícil me ater a apenas 05 livros, mas… acredito que o resultado ficou bom no final! rsrs

Leave a Reply

Your email address will not be published.
Required fields are marked *