• Twitter
  • Facebook
  • Google+

Enquanto preparo a resenha de A Bandeja, segue um poeminha escrito por mim em agosto de 2004… Mal sabia eu que as mudanças estavam apenas começando…
Espero que gostem!

Semana de descobertas.
Semana de felicidades.
De tristezas.
Como mudamos em uma semana?!
Como ficamos estranhos sem querer.
Como magoamos quem mais queremos bem.
Como o passado atormenta.
Machuca. Atrapalha. Impede?
O novo assusta.
O novo apavora.
Ainda mais depois de um passado.
Passado dolorido.
Passado desmerecido.
Passado que já é passado.
Hora de mudar. Arriscar. Sentir.
Hora de se deixar gostar.
Hora de se libertar.

o_tempo1

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *