Novamente Você 

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+

Novamente Você nos conta a história de Maria Rita (Miah), nascida em Ilha Grande, porém descontente com sua vida por lá, fugiu para os Estados Unidos com um famoso diretor de cinema, deixando alguns corações partidos. Contudo, a pomposa vida em solo americano não foi exatamente o que ela esperava e, depois de certa situação, ela decide voltar para sua antiga cidade. Chegando lá, ela logo reencontra seu ex-marido, Leonardo Júnior, agora dono de uma pousada famosa na Ilha e pai de criação de seu sobrinho, Téo. Não é fácil para ela retornar ao lugar de onde saiu fugida, onde abandonou marido, família e amigos. Mas sem condições financeiras de ir pra outro lugar e precisando sair das vistas, ela se vê “obrigada” a ficar na pousada de Leonardo Júnior e de se adaptar a vida sem luxo que tinha na vila, antes de sua partida. O que nenhum dos dois contava ou esperava era, mesmo depois de tantos anos, ainda poderiam mexer muito um com o outro…

Miah foi uma personagem que eu não gostei no começo da leitura mas, com o desenrolar da trama, consegui compreender o motivo pelo qual ela fugira e causara tanta dor. O que mais me incomodou foi o fato de ela sumir por doze anos, não se preocupar com a família, independente dos motivos que a fizeram ir embora, ela tinha pessoas que a amavam, que sofreram por ela. Mesmo com a intensidade dos acontecimentos, da pressão que ela sofria, acredito que ela poderia ter tido outra atitude. Eu não conseguiria ser tão fria, por exemplo. Então, sim, fiquei incomodada com a personagem em relação a isso. Porém, ao longo da história, vamos conhecendo a velha Maria Rita, uma menina que tinha sonhos, que queria ser mãe, construir uma vida melhor com Léo. E essa Maria Rita que me fez continuar lendo e torcendo pra que a mesma tivesse um final feliz.

Leonardo Júnior, por outro lado, é o tipo de personagem que dá vontade de falar “senta aqui, amigo, vamos conversar“, de dar uns “sacodes” também, mas é muito menos irritante do que a Miah. Ele era um simples pescador que com muito suor e querendo provar que Maria Rita estava errada, conseguiu crescer, montar seu próprio negócio e, no meio de toda a confusão, criar seu sobrinho, que ficara orfão em um acidente, pouco depois da partida dela. Com o retorno da agora Miah, os sentimentos que ele pensava ter esquecido, voltam com toda a força, trazendo mais confusão ao coração do moço. Especialmente por conta da química, da eletricidade, que ainda rola entre eles. Léo vai brigar – e muito – contra esse desejo e contra o renascer desse sentimento, mas quando o destino quer, não há como fugir…

Novamente Você é narrado tanto por Maria Rita/Miah quanto por Leonardo Júnior, o que torna a narrativa dinâmica e mais interessante, visto que conseguimos saber o que cada um deles está sentindo, pensando. Eu, particularmente, gosto bastante quando  autor nos faz conhecer as personagens principais assim, mais intimamente. Gosto de saber como cada um se “comporta”, gosto de imaginá-las como gente como a gente, como pessoas reais. Até porque, sejamos sinceros, muitas personagens são inspiradas por “personagens reais” e é isso que mais chama a atenção nessa história. <3

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *