Pecados no Inverno

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+

Se for para favoritar minha Estação do Amor preferida, eu fico com o Inverno! A história de Evangeline Jenner, a mais tímida e ainda gaga das quatro amigas Flores Secas, como elas mesmas se intitularam pois tomavam chá de cadeira nos bailes que frequentavam, e do arruinador de moças e irresistível, lorde St. Vincent, Sebastian.

Após não ter mais perspectiva de um futuro devido a má administração da fortuna da família pelo pai, St. Vincent precisa fazer duas coisas: trabalhar (impossível para um nobre) ou casar com uma moça rica. Casar não era o que ele mais desejava, mas se for com uma moça rica que o deixará ter a mesma vida que leva de solteiro, até que ele vê alguma vantagem. Numa situação muito parecida com a sua, mas com outros motivos, temos Evie Jenner. A moça tímida, gaga e sardenta é considerada um peso para sua família que não vê a hora de seu pai morrer para administrar sua herança e para isso a obriga a casar com seu horripilante primo Eustace Stubbins e continuar sob o domínio de sua tia demoníaca, Florence.

Das quatro Flores Secas, Annabelle é muito feliz casada com o sr. Simon Hunt em Segredos de uma noite de Verão. E Lillian se casou com o conde de Westcliff, Marcus Marsden, Pecados no Inverno.

Evie, não tendo outra saída foge de casa e bate a porta de St. Vincent com uma proposta da qual ele não esperava: um casamento!

– Acredito que eles querem me ma-matar depois que puserem as mãos no di-dinheiro do meu pai.

Sebastian não desviou seu olhar do rosto dela, embora mantivesse seu tom leviano.

– Que falta de consideração da parte deles. Por que eu deveria me importar com isso?

Evangeline não reagiu à provocação, apenas lhe lançou um olhar firme que evidenciava uma segurança que Sebastian nunca vira em uma mulher.

– Eu estou lhe propondo casamento. Quero sua proteção. Meu pais esta do-doente e fraco demais para me ajudar e não que-quero ser um fardo ara mi-minhas amigas.

O que me faz gostar mais desse livro é a doçura e força de Evie. Ela sofria muito com a família materna, mas nunca deixou de ser uma pessoa boa. Lisa Kleypas tem uma sensibilidade ímpar ao descrever essa personagem. Você fica do lado de Evie desde o início, desde o primeiro volume da série. <3

Após a notícia se espalhar sobre o casamento às pressas de Evie, as amigas se preocupam, pois conhecem a moça tímida e não confiam no libertino de seu marido, mas Evie entrou nesse casamento e impôs algumas condições para e proteger de Sebastian, só consumariam o casamento para ter validade, teria uma parte da fortuna para si, por garantia. Evie já havia sofrido com sua família e não queria sofrer por amor não correspondido também.

Como falado acerca da sensibilidade da moça, não há como conhecer Evie e não gostar dela. E o coração de St. Vincent aos poucos vai se entregando ao amor pela primeira vez. Começa com desejo por sua esposa. Por mais que ele resista a ideia de que há algo além de desejo por sua esposa.

Para não soltar spolier apenas posso escrever o seguinte: leiam o livro! Lisa Kleypas já se consagrou no Brasil com romances de época e uma série contemporânea. As novelas são recheadas de paixão, sensualidade e relações que precisam ser curadas. Pecados no Inverno fala de segunda chance.

Leave a Reply

Your email address will not be published.
Required fields are marked *