Sense8

Book

Nunca se falou tanto em um seriado nos últimos tempos como em sense8. Às vezes tento calcular mentalmente a quantidade de pessoas ao redor do mundo que assistiram as mesmas cenas que eu e é neste momento que começo me questionar sobre sentimentos, pensamentos, substituição de sensações, pois minha mente me questiona: Será que todos sentiram algo em determinada cena ou foi apenas mais um seriado?

 

sense8-netflix-series-sense8-reactions-twitter

Nunca se falou tanto em um seriado nos últimos tempos como em sense8. Às vezes tento calcular mentalmente a quantidade de pessoas ao redor do mundo que assistiram as mesmas cenas que eu e é neste momento que começo a me questionar sobre sentimentos, pensamentos, substituição de sensações, pois minha mente me pergunta: Será que todos sentiram algo em determinada cena ou foi apenas mais um seriado?

Sense8 retrata a história de 8 pessoas ao redor do mundo que compartilham de uma ligação que representa um perigo de ordem mundial. Poderia ser algo simples, porém, quando se escrito pelos irmãos Wachowiski & J.Michael Straczynski que tem em seus currículos cinematográficos obras como: Guerra Mundial Z, V de Vingança, Thor, Anjos da Noite e a especial ligação de todos: Matrix! Claro, que poderíamos esperar um seriado de cunho fantasioso e científico, mas a surpresa vem com o tom de drama e suspense que preenchem o seriado.

sense-8

Will, Riley, Capheus, Sun, Lito, Kala, Wolfgang e Nomi, nasceram no mesmo dia e todos tem visões com Angélica, uma mulher se matando e os ordenando para se proteger. Mas se proteger de quem? E quem são eles? Aos poucos na apresentação dos personagens você vai observando suas confusões mentais em compreender porque estavam vendo determinada pessoa, podendo conversar, sentir ou muitas vezes se “teletransportar” para um país distante do seu. É confuso, mas isso significa ter os poderes do sensate.

Confesso, no início é difícil compreender o porque e como podem trocar de lugar, mas aos poucos temos a percepção que existe uma troca de habilidades. E o que sobra para nós expectadores percebermos? As diferentes culturas, sociedades e nacionalidades. A evidência maior é a forma e tratamento familiar deixam bem claro as diferenças entre cada personagem. Enquanto uns tem o amor incondicional de seus pais, outros precisam lidar com desastres do passado, fome de sua localidade, abandono por causa da fama ou lutam para não se manter na sombra. É um contraste tão grande entre os personagens que aos poucos você se auto questiona: Se eu vivesse em outro lugar ainda seria desta determinada forma? 

Sense8-1x08

Com personalidades completamente distintas, os protagonistas de Sense8 nos representam através de suas dores, emoções, amores, lutas por busca da própria felicidade, mas além de nossas representações o seriado abre críticas para nossa sociedade com relação em especial ao amor e opressão de escondermos quem realmente somos. Tal argumentação fica tão explícita com o personagem Lito que faz par com Afonso Herrera, que me surpreendeu grandemente no seriado.

Para uns, sense8 pode significar tédio ou apenas um seriado que tem uma quantidade enorme de cenas de sexo. Tudo bem, esse é o seu ponto de vista. Porém, se você for mais perceptivo, pode perceber que tanto as cenas sexuais, quanto o contexto apresentado de energia e ligação com o outro, tem uma mensagem que é composta de crítica mas ao mesmo tempo nos entretêm e nos fazem pensar.

Acho que nunca um seriado me fez pensar, apaixonar pelos personagens, abominar outros (sim, pois existem vilões que são capazes de lhe aprisionar e acabar com sua mente por tanta maldade), sentir raiva por determinadas decisões, encorajar via pensamento e logo após chorar por tudo ter acontecido errado lhe abraçando. Na verdade, sense8 é um seriado extremamente humano, expressando nossa insegurança, medos, amores e prazeres.

Publicado em: 14/ago/2015.
Tags: 
Tags do livro: 
Em: ResenhasSéries/Filmes

Gostou? Assine nossa Newsletter!

(Seja o primeiro a fazer uma avaliação.) 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...

Sobre o autor

Debora Queiroz
Debora Queiroz

Cristã-protestante, futura historiadora e saxofonista.

Apenas um comentário =(

Deixe um comentário =)
  • […] de séries de suspense, ficção científica e com bônus de teoria de múltiplos universos. Após Sense8 e Stranger Things que abordaram de forma distintas essas temáticas, a Netflix uniu-se com Zal […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar esses marcadores HTML e seus atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.