Marcador -drama

O Conde Enfeitiçado

Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton. Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele. Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite. Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz. No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

Leia mais

Turismo para Cegos

Laila e Pierre: um casal tão incomum numa história intrigante de perdas e acima de tudo enfrentar a realidade. Este livro não é uma história de amor do jeito que a gente quer. Venha conhecer mais sobre a escrita de Tércia Montenegro.

Leia mais

Jane The Virgin

Jane The Virgin é tão boa que eu nem sei por onde começar.

Representatividade/Mulheres furtes? SIM.
Comédia? Sim.
Drama? SIM!
Romance? Tá ficando cansativo; mas sim.
Plot twist*? E COMO!

Leia mais

Irina do Pará

Dua tramas que se entrelaçam. Irina do Pará é inspirada na história mais recente do Norte do Brasil e também de nosso país. O leitor, que já deve ter acompanhado tantas mortes e tragédias naquela região – chacinas, trabalho escravo, prostituição, corrida pelo ouro –, já se perguntou quem são essas vítimas? Irina é uma delas, embora não se comporte como tal. Testemunha do massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 1996, ela luta, pensa, muda. É dona de seu destino, mesmo que em alguns momentos renda-se à vontade dele. Uma heroína moderna. A escrita feita com leveza em contraste ao drama narrado aumenta a voracidade da leitura, que pode ser feita em um só fôlego. A despeito das desventuras no caminho, resta-nos descobrir se finais felizes são possíveis.

Leia mais

Sr. Daniels

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Leia mais

Eu Estive Aqui

Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo… Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos. Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo… e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Leia mais

Corações em Fase Terminal

Corações em Fase Terminal – Cátia, após quase acabar com a própria existência, mergulhada em uma vida de vícios e erros, acorda em um local misterioso, com o coração, manchado, em uma caixa dourada, e uma projeção de si própria, presa em um espelho repugnante. Em meio a uma cidade estranhamente maravilhosa, e junto a um amor mais forte que a própria vida, Cátia tem sua última chance de encontrar a cura para seu coração manchado. Descubra o que é o Santuário, o clarão dourado, o templo onde a rosa flutua… Conheça cada personagem e seu coração doente. Cada um deles terá uma última chance para salvar sua vida, devido a seus próprios erros.

Leia mais

Adeus, Por Enquanto

A talentosa autora de Atlas do amor inova em seu segundo romance, no qual conta a história do jovem casal que estendeu seu amor para além dos limites da vida. Não é milagre e nem magia, é pura ciência da computação. Graças ao software que Sam Elling, um divertido programador do MIT, desenvolve, torna-se possível conversar com projeções perfeitas de pessoas queridas que morreram. Assim, ele ajuda sua namorada a superar a perda recente da avó, mas não esperava que um dia fosse precisar se tornar usuário de seu próprio programa…

Leia mais

Uma colher de terra e mar

Quando a menina Saba, de 11 anos, se vê em um carro rumo ao aeroporto de Teerã sem sua inseparável irmã gêmea, Mahtab, ela entende que há algo muito errado acontecendo. O ano é 1981. O Irã sente as transformações que a revolução islâmica trouxe, refletidas nos novos comportamentos e na rigidez do cotidiano. Sair do país é muito arriscado. Na sala de embarque, Saba vê sua irmã de relance, nos braços de outros pais. Decidida a descobrir o que está acontecendo e a não sair do país sem a irmã, Saba foge pelo saguão lotado, procurando respostas. A atitude da menina chama a atenção da polícia religiosa, os Mulás. Eles levam sua mãe para prestar explicações. As memórias daquele dia são confusas. Quando Saba volta para casa, sem nunca ter embarcado, todos, inclusive seu pai, consideram sua irmã e sua mãe mortas. Saba, não. Ela está certa que viu ambas entrarem em um avião rumo aos Estados Unidos. Em seu primeiro romance, a autora iraniana Dina Nayeri constrói uma narrativa forte, realista e cheia de nuances. Dina tece um Irã cheio de lendas, cores e costumes. A revolução islâmica torna a sociedade iraniana bem mais discreta, mas sua verdade permanece viva em sua cultura e alma. A personagem Saba cresce em uma aldeia rural produtora de arroz, no interior do país. Em uma paisagem de crenças milenares, onde o recato é um sacramento, a menina tenta entender o significado de ser tornar mulher. Casamentos forçados, violência e injustiças contra mulheres em nome da religião.[…]

Leia mais

Cem verões

1931. Dois jovens casais de namorados aproveitam a época em que as responsabilidades da vida adulta não começaram, entregando-se a romances sem se importar com as convenções sociais. O universitário Nick, que gostaria de seguir arquitetura, mas está fadado a assumir os negócios do pai, um empresário judeu, se apaixona por Lily, uma postulante a escritora. A companheira de infância de Lily é a sedutora Budgie, que namora o belo Graham, colega de time de futebol americano de Nick. 1938. Os dois casais voltam a se encontrar na temporada de verão em Seaview, uma Rhode Island, na costa leste dos Estados Unidos. Lily cuida de Kiki, sua irmã de seis anos de idade. Na localidade de veraneio, todas as atenções estão concentradas na chegada de Budgie e Nick, recém-casados. Graças ao marido, a alegre Budgie pode começar uma obra para reformar a casa de sua família e ser reintegrada ao grupo social do qual se distanciou. É Budgie também quem incentiva o ex-namorado, Graham, a aproximar-se de Lily, apesar dos boatos sobre Kiki ser filha da jovem e de Nick. Intercalando relatos do tempo de namoro dos quatro protagonistas com o momento em que voltam a conviver, a escritora Beatriz Williams se volta para os anos 1930, traçando um panorama da alta sociedade da época e, principalmente, da situação das mulheres da elite norte-americana de então. A futilidade de Budgie, uma socialite festeira, que gosta de reunir amigos em festas barulhentas, contrasta com a dedicação de Lily à irmã e sua busca de uma carreira literária,[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.