Marcador -Romance

Uma loja em Paris

Num dia qualquer, quando andava sem rumo pelas ruas de Madri, Teresa, uma órfã rica que vive sob o rígido controle de sua tia Brígida, se vê impelida a entrar em um antiquário, atraída por uma tabuleta de uma antiga loja parisiense de tecidos. De volta ao seu apartamento, após fixar a tabuleta em seu escritório — que compra sem saber muito o porquê —, a jovem é atormentada por uma série de sensações, percepções e visões que, ao que tudo indica, fazem referência à dona da tal loja, Alice Humbert, que viveu na Paris dos anos 1920. Quem terá sido essa mulher e por que a sua história agora lhe bate à porta de uma maneira tão intensa, Teresa se pergunta. Sem perder tempo, ela parte em busca das respostas na mágica, romântica e colorida capital francesa, para onde se muda. Inspirado pelos “anos loucos” vividos na Paris de Hemingway, Modigliani, Coco Chanel e Paul Poiret, o jornalista espanhol Màxim Huerta apresenta uma história de amor que resistiu ao tempo e transpassou décadas até atingir em cheio o coração de Teresa.

Leia mais

Segredos de um pecador

Leona Montgomery foi criada na China. Com pai inglês e mãe portuguesa, aprendeu desde cedo a se adaptar aos costumes de outras terras e adquiriu uma cultura e uma sofisticação incomuns às mulheres de seu tempo. Por isso, quando o pai, já viúvo, morreu, deixando os dois filhos em uma situação financeira difícil, Leona assumiu os cuidados do irmão caçula e os negócios da família. Trabalhando pela recuperação da Montgomery & Tavares, ela viajou por diversos países, negociou com homens rudes e enfrentou piratas. Recém-chegada a Londres, agora espera fechar parcerias comerciais e dar sequência a uma investigação que o pai não pôde concluir. Mas estar em Londres significa algo mais. Sete anos atrás, Edmund, um naturalista inglês, deixou Macau à noite, depois de um beijo de despedida que Leona nunca esqueceu, e retornou à Inglaterra. O que Leona não poderia imaginar era que Edmund na verdade é Christian Rothwell, o marquês de Easterbrook, um homem poderoso envolto em mistérios – e que talvez se beneficiasse com o fim das investigações de seu pai. Dividida entre o dever e a tentação, é na cama do marquês que ela fará suas maiores descobertas.

Leia mais

Bruxa da Noite

De uma das autoras mais queridas do mundo chega uma trilogia sobre a terra a que nos conectamos, a família que guardamos no coração e as pessoas que desejamos amar… Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda. Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar. Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote. Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado. Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

Leia mais

A Vidente

Um dom misterioso leva uma jovem aos confins do mundo Roma Antiga: ano 54 da Era Cristã. A jovem Ulrika, de 19 anos, é assombrada por estranhos sonhos e visões. A fim de descobrir a verdade sobre seu passado e sobre seus estranhos poderes, Ulrika embarca numa perigosa viagem até a terra natal de seu pai, a Germânia. É lá que descobre sua vocação – o dom raro da clarividência. Perseguindo seu destino, ela viaja para muito longe, da antiga Germânia até lugares exóticos como Síria, Babilônia e Pérsia. Pelo caminho, conhece sábios guias espirituais – homens, mulheres e espíritos – que lhe ensinam a habilidade de curar e proteger os outros. A viagem de Ulrika também a leva a conhecer o belo comerciante Sebastianus Gallus, que parte em uma jornada pessoal ao Extremo Oriente a fim de coletar riquezas para o poderoso imperador Nero. Ulrika precisará lutar para ficar com o homem que ama, cumprir seu destino e inaugurar uma nova era em Roma sob o reinado ameaçador de Nero.

Leia mais

A Garota do Penhasco

A Garota do Penhasco é um romance que enreda o leitor através de vários fios: a história de Grania Ryan e sua querida Aurora Devonshire, a garota do penhasco, nos fala sobre mudança de vida. A história das famílias Ryan e Lisle é um lindo conto sobre um século de mal-entendidos e rancor entre inimigos que se acreditam enganados por falcatruas financeiras. O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza. Mas, sobretudo, A Garota do Penhasco é um livro que mostra como é possível encontrar uma finalidade, um propósito, quando todas as esperanças parecem perdidas. “De ritmo tenso e original, este é um romance envolvente sobre recuperação, resgate, novas oportunidades e amor perdido.” — Booklist

Leia mais

Tammy Luciano

“Cresci fazendo teatro, amadureci escrevendo, segui a vida quase toda me descobrindo nos cadernos e no palco. (…) Minha família sempre aprovou a minha escolha, nunca fugi de lugar nenhum, não lutei contra ninguém e não tenho um passado de adeus. Tudo foi chegando calmamente, sem traumas.”

Leia mais

Cecelia Ahern

Cecelia Ahern é irlandesa e formou-se em Jornalismo e Meios de Comunicação. Aos 21 anos escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te Amo, que se tornou best-seller imediatamente e foi adaptado para o cinema – assim como Simplesmente Acontece. As obras de Cecelia Ahern são publicadas em 46 países. Ela vive em Dublin com sua família.

Leia mais

Um Dia

Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Leia mais

No Limite da Ousadia

Quando você se apaixona pelo primeiro livro de uma série, é bem comum colocarmos todas as nossas expectativas nos volumes seguintes, ainda mais quando é um spin-off e sobre uma personagem tão durona e polêmica quanto Beth Risk, amiga do bad boy que toda blogueira gostaria de levar pra casa, Noah. Confesso que No Limite da Ousadia não me ganhou de cara e que eu tive que insistir um pouquinho na leitura… mas, no final das contas, Beth se mostrou uma protagonista fascinante. Se você, como eu, esperava ver mais de Noah, Echo e Isaiah nesse spin-off, já vou logo avisando: não acontece. É claro que essas personagens vão aparecer e, principalmente o Isaiah, terão sua participação no desenrolar da complicada vida de Beth Risk, mas eles não são o foco. No Limite da Ousadia é um livro intenso, que fala sobre perdão, confiança, resignação e superação. Tão logo o livro começa, os fãs de Beth e Isaiah já vão querer arrancar os cabelos e se perguntar quem é esse Ryan e onde está o nosso velho conhecido Isaiah?!?! Portanto, se você não leu No Limite da Atração e não sabe porque raios os fãs fariam isso, eu aconselho você a parar – ou ler a resenha do primeiro livro aqui e tentar se ambientar um pouquinho! rsrs Aliás, devo adiantar também que esta história, de Beth e Ryan, não tem nada a ver com a história de Echo e Noah. O que não é ruim. Do contrário, achei a capacidade da autora Katie McGarry em nos trazer algo novo, recheado de novas sensações e emoções, simplesmente surpreendente. Estamos lendo sobre o mesmo universo, mas com personagens totalmente diferentes[…]

Leia mais

Dois em Um e a Minha Gratidão

Hoje, teremos duas resenhas em um único post. São livros pequenos e com histórias sobre amores; ao mesmo tempo, são bem diferentes na narrativa/estilo. Foram livros que me tiraram de uma preguiça de leitura chata e me fizeram refletir além da mensagem que passam. +LIVRO Tudo começou com um e-mail da Samanta Holtz recomendando a autora, que era sua conterrânea. A Natalia Moreno estava lançando seu livro de contos, Do Caos à Esperança. Mas já havia lançado outro livro, Quando eu me Amar; que me interessou mais por causa do booktrailer e título. Quando interesse e indicação de quem você gosta se juntam não pode ter erro, certo? Não é preciso falar muito da história. A sinopse já diz tudo. Além de pequeno, a leitura é fácil. O destaque não fica tanto para a história da Sofia em si; e sim para a narrativa da Natalia Moreno. Ela tem um charme especial. Eu me perguntei se é Porto Feliz que faz isso. A Samanta Holtz também tem uma narrativa charmosa, de uma maneira diferente e parecida ao mesmo tempo. Fiquei um pouco perdida na linha do tempo porque tudo acontece muito rápido. A história é completa e não há o sentimento de “falta desenvolver isso”. A história poderia sim ter sido mais explorada; mas não posso dizer que ficou mal construída. Quando Eu Me Amar é fofo. Ele é um livro de bolso com menos de cem páginas. Eu não costumo olhar as medidas do livro. Apenas, o número de páginas. Ele é do mesmo[…]

Leia mais

Copyright © 2011-2015. Desenvolvido por String - Tecnologia e Web.